Dia dos pais: conheça 10 histórias sobre paternidade para deixar o coração quentinho

No Brasil, a data é comemorada em todo segundo domingo de agosto, ou seja, este ano, comemora-se no próximo dia 09

Autor

Categorias

Compartilhe

Resumo da Notícia

  • Dia dos Pais existe: para comemorar a importância da figura paterna e homenagear essas pessoas que podem agregar muito na construção de quem somos;
  • No Brasil, a data é comemorada em todo segundo domingo de agosto, ou seja, este ano, comemora-se no próximo dia 09;
  • Enquanto você planeja a comemoração, seja física ou virtual, o Bebê em foco selecionou seis histórias para deixar seu coração quentinho.

Ser pai não é dar ao filho o que ele quer, mas sim o que ele necessita para encontrar o próprio caminho. E por isso, o Dia dos Pais existe: para comemorar a importância da figura paterna e homenagear essas pessoas que podem agregar muito na construção de quem somos. No Brasil, a data é comemorada em todo segundo domingo de agosto, ou seja, este ano, comemora-se no próximo dia 09.

Devido ao isolamento social, muitos pais não poderão comemorar com os filhos e vice-versa. No entanto, em um cenário de pandemia, a distância é um ato de amor. Enquanto você planeja a comemoração, seja física ou virtual, selecionamos 10 histórias sobre paternidade para deixar seu coração quentinho.

Pai é pai! 

Independentemente da configuração da família, amor é amor e pai é pai. São realizações de sonhos, encontros com o amor e conquistas diárias que fazem desses pais, ainda mais felizes.

Dia dos pais (Foto: Unsplash)

Sonho de ser pai 

Assim como o amor do pai é indiscutível, o amor da mãe também não se discute. Agora, imagina a fusão desses dois amores. Pois bem, foi o que aconteceu com a família de Valéria Oliveira – que é mãe Victor – que é casado com  Roberto Pereira. O sonho do casal era construir uma família e a ajuda de Valéria foi fundamental.

Aos 52 anos, ela tornou-se barriga solidária para realizar o sonho de Victor de ser pai e o seu próprio sonho de se tornar avó. Foram muitos exames e tratamentos para garantir que o procedimento não prejudicaria a saúde de Valéria. Quando tudo estava certo, a avó pôde engravidar.

A gestação foi um sucesso.  Alice e Valentina nasceram saudáveis e só precisaram ficar um tempo na UTI neonatal para ganhar peso. Tudo correu muito bem até que chegou o momento de registrar as meninas, e o oficial do cartório queria registrá-las como filhas de Valéria e sem nome do pai. Apesar do susto, o processo de barriga solidária estava dentro da lei e a Defensoria Pública obrigou o cartório a fazer o registro no nome dos dois pais.

Atualmente as meninas têm pouco mais de três anos e os pais não poderiam ser mais felizes.

Avó é barriga de aluguel (Foto: Reprodução/ Facebook)

Encontro com o amor 

Há quatro anos, Douglas Travassos, gerente de crédito imobiliário, de 38 anos e Valmir Travassos, corretor de imóveis, de 41 anos tomaram uma decisão que mudaria a vida do casal. Juntos há 16 anos, sempre sonharam em aumentar a família, até que encontraram a pequena Valentina, atualmente, com quatro anos.

Douglas, Valmir e Valentina Travassos (Foto: Reprodução/ Arquivo pessoal)

De acordo com Douglas, o processo de adoção foi burocrático, mas não impossível. Após a habilitação para a adoção e dois anos e meio de espera, puderam realizar o sonho de ter a filha nos braços. A menina tinha apenas oito dias de vida quando conheceu a família. Depois disso, muita coisa mudou. “Foi tudo muito difícil, mas foi a melhor coisa que nos aconteceu. Nós mudamos nossas prioridades. Fazemos tudo em prol dela. E tudo é muito melhor, mais colorido e satisfatório com a nossa filha. Ela é a nossa razão de viver”.

“Valentina preencheu a nossa vida. Nós nos sentimos muito realizados”, disse Douglas. O pai também contou que desde sempre trabalhou com a verdade. Ele o marido explicam para a filha que ela veio do coração e ela nunca demonstrou se importar. Assim como o fato dela ter dois pais nunca foi um problema: “Ela acha o máximo ter dois pais, ela diz que tem tudo em dobro e que as colegas da escola acham bacana ter uma amiga com dois pais para brincar, passear e amar”.

Douglas ainda incentivou os pais que desejam encontrar um filho. “Adote! Tem muitas crianças precisando de amor, lar, carinho, respeito e atenção. Você fará a vida dela melhor e a sua também. É uma troca muito linda. E não se preocupe com padrões ou estigmas, ter um filho muda tudo”, explicou o pai.

Paternidade também é conquista! 

Eduardo Honorato sonhava em se tornar pai e após um longo processo de adoção, finalmente conquistou seu filho. “Assim que saiu a guarda dele, eu fiquei tão feliz, mas tão feliz que não cabia mais em mim. Finalmente ele teria meu nome, poderia viajar comigo,  e ter todos os direitos como meu filho. Fiquei em êxtase”, disse.

No entanto, o pai ficou extremamente frustrado quando não conseguiu a licença-paternidade no trabalho. “Na minha inocência [pensei que] eles me dariam os seis meses, pois eu era pai solo e todos sabiam do meu caso. Até que me avisaram que eu só receberia 15 dias. Eu chorei de tristeza e de decepção e isso era visível no meu olhar”, contou.

Pai conquista licença paternidade (Foto: Arquivo pessoal)

Eduardo então, decidiu entrar na Justiça. A luta durou seis longos anos, mas ao final, a licença de seis meses foi concedida.  “O que eu aprendi, lutando pelo direito do meu filho, é que ninguém, nem pessoa física, nem jurídica, pode jamais nos privar dos nossos direitos e não podemos deixar isso acontecer. As leis precisam ser atualizadas e abarcar todas as novas configurações familiares“, disse.

Durante esse tempo, o pai deixou de ser solteiro. Eduardo e Paulo haviam acabado de engatar um relacionamento quando o processo foi iniciado. Até que em 2019, quando a licença foi liberada, Paulo, que também era o advogado do caso, foi pedido em casamento por Eduardo.

O amor está nos pequenos gestos

Às vezes, pensamos em ideias mirabolantes ou presentes complexos para agradar a quem amamos. No entanto, não percebemos que no fundo, o simples é fundamental. Em um relato emocionante, um pai revelou quais mudanças fez na rotina para melhorar o dia a dia da família.

Pai faz relato emocionante (Foto: Reprodução/ TV)

Benjamin Holmgren, descobriu que a maneira como alguém chega em casa afeta o casamento, os filhos e a vida. Na publicação, ele escreveu: “Quando você chegar em casa e ver seu cônjuge, filhos ou até cachorros, antes de abrir a porta, sorria! Não importa como foi o seu dia. Ou o que você fará a seguir. Por 30 segundos, pelo menos mostre que você está feliz em vê-los. Faça com que eles sintam que estava ansioso para voltar para casa. Afinal, eles são suas pessoas favoritas em todo o mundo”, explicou.

Holmgren afirmou que, embora pareça uma ação pequena, a atitude que você mostra nesses primeiros 15 segundos, quando entra pela porta depois de um dia de trabalho, define o tom do resto da noite para você e sua família, ou seja, define o hoje.

“Realmente, não é minúsculo. É um grande negócio“, disse Holmgren. O pai ainda continuou: “Levar sua família para a Disneylândia é insignificante. A festa de aniversário cara do seu filho será esquecida dentro de algumas semanas. Voltar para casa? É a sua vida inteira. Conserte. Conserte. Aliás, comece hoje”, insistiu.

O pai tem quatro filhos menores de cinco anos. Ele é casado com Leiah,  há seis anos,  e a mulher explicou que o marido gosta de se concentrar no positivo e mostrar gratidão, mesmo quando se depara com desafios. “Seu senso de perspectiva não vem porque ele sofreu uma profunda perda ou tragédia em sua vida, mas ele agradece o que não sofreu”, explicou.

Pai é empatia 

Só as mães sabem o quanto amamentar os filhos pode ser desconfortável de vez em quando, mas este pai americano conseguiu ter uma ideia de como é esse processo. Ronnie Dunston, de Upper Marlboro, nos Estados Unidos, passou por uma experiência que o deixou impressionado: sua filha, de dois meses, sugou seu peito com tanta força que deixou uma marca roxa na região.

Ronnie Dunston compartilha imagem do hematoma deixado por sua filha de dois meses (Foto: Reprodução/Facebook)

O pai de primeira viagem decidiu compartilhar sua experiência nas redes sociais. Ele postou um depoimento sincero em sua página no Facebook, acompanhado de uma foto do hematoma feito por sua bebê. “Então, cada vez que a minha filha se agarra no mamilo da minha mulher ela faz isto. Ah sh! Isto dói, cara. E ela nem tem dentes. Rapaz, eu não fazia ideia”, escreveu ele.

-Publicidade-

Ronnie continuou seu relato: “Minha esposa estava na academia, então eu fui com a bebê até a cozinha, para preparar uma mamadeira. Enquanto estávamos esperando esquentar, eu estava sem camisa e Núbia estava deitada em meu ombro. De repente, ela começa a mexer a cabeça toda louca e chupar minha clavícula. Eu começo a rir e falo ‘você não vai conseguir nada aí, amiga’. Cara!!! Seu poder de sucção se transformou em algum tipo de Drácula sugador de sangue. Fiquei tentando tirá-la de cima de mim, queria jogá-la para longe de mim como se fosse uma criança demoníaca!”

Bastante bem-humorado, o pai concluiu seu relato enaltecendo o papel da esposa e mãe. “Ouça: NUNCA MAIS FALAREI bobagem com minha esposa, esses bebês são PERIGOSOS. Caras, NUNCA, NUNCA … NUNCA, NUNCA subestime o poder de uma mãe.”

Paternidade ensina o mais improvável 

Um pai amoroso realiza workshops mensais para aprender e também ensinar outros pais a como pentear os cabelos de suas filhas em tranças impressionantes. Jack Woodhams, de Nova York, se juntou a sua filha de sete anos, Poppy, e cerca de uma dúzia de outras duplas de pai e filha nas aulas organizadas por um especialista em tranças.

As sessões, conhecidas como Yorkey Dads Hair School (Escola de Pais de Nova York), começaram em 2018 para ajudar os pais a aprender uma nova habilidade e proporcionar-lhes um tempo de qualidade muito necessário para suas filhas. “Não acho que muitos homens aproveitem o tempo que passam com as meninas como deveriam”, disse ele. “As aulas nos dão a chance de fazer algo legal juntos e também mostram aos pequenos que não apenas as mães conseguem pentear”.

Diversos pais participam do curso (Foto: Reprodução/Daily Mail)

“Eu realmente amo as sessões, elas são muito divertidas. Todo mundo se diverte muito e ver a incrível interação entre pais e filhas é realmente emocionante”. Uma professora disse que alguns dos pais, especialmente talentosos, desenvolveram sua habilidade de entrançar a um “nível alto” e são capazes de realizar vários projetos sofisticados, incluindo esculpir corações. Alguns outros projetos que ela ensina incluem tranças francesas, holandesas e rabo de peixe.

Pai e filho juntos é igual cantoria 

Muitas famílias ainda estão em isolamento social. E em um dado momento a criatividade acaba e é difícil pensar em um atividade para se fazer sozinho ou com as crianças. Entretanto, um pai americano surpreendeu ao gravar um vídeo cantando com o filho.

Pai e filho cantam Queen (Foto: Reprodução/ Facebook)

Pai e filho moram em Brick Township, Nova Jersey nos Estados Unidos. E a música está no sangue da família. Bastou um concurso online para que Doug, e o filho, Brayden fizessem um dueto impressionante.

A dupla não cantou nada menos que “Don’t Stop Me Now”, um clássico do Queen. A intenção era passar um tempo juntos, mas Maggie, mãe e esposa publicou o vídeo em suas redes sociais para participar de um concurso da Our Kids Foundations Inc. e o material viralizou.

A mãe escreveu na legenda do vídeo: “O que você faz quando está trancado em casa… você canta!”. Maggie ainda se declarou e fez uma revelação: “Um vídeo dos meus meninos que eu vou amar para sempre. Tão especial. E sim, Queen é a banda favorita do meu filho e provavelmente sempre será”, completa.

Pai e filho fizeram uma performance tão boa que o vídeo foi compartilhado e curtido milhares de vezes. Além dos inúmeros elogios pelo desempenho da dupla.  Em uma outra publicação, a família agradeceu: “Estamos impressionados com todo o amor e apoio deste vídeo! Obrigado a todos os nossos familiares, amigos e estranhos que gostaram e compartilharam! A resposta tem sido tão esmagadora e incrível! Não podemos agradecer o suficiente! Estamos tão felizes por este vídeo ter conseguido trazer felicidade a tanta gente durante este tempo.”

Sim! Ás vezes eles ficam em apuros… 

As crianças amam brincar, e por vezes têm a imaginação muito fértil. Mas às vezes, isso pode ser um problema. Uma história contada no Twitter chamou bastante atenção dos internautas e gerou muitas risadas.  O pai contou, que sua filha de apenas quatro anos, o envolveu em uma enrascada ao fazer uma pergunta: “Mãe, por que seu sutiã está no carro do meu pai?”…. e a confusão estava formada!

A mulher ficou furiosa e desaprovou a situação. Foram longos minutos de caos e nervosismo. Até que enfim, o  homem se livrou da saia justa. A família decidiu ir até o veículo para verificar a veracidade do que a pequena tinha dito.  Pois bem, a menina encontrou sim alguma coisa no carro! Mas para o alívio do casal, não era bem um sutiã. Sabe aquelas máscaras de proteção máxima, que têm um formato parecido com o da peça íntima? Pois bem! Era isso!

Menina coloca pai em apuros (Foto: visuals /Unsplash

No final, a situação acabou bem e homem acabou contando a história toda em sua rede social. E como os twitteiros adoram gerar um meme, não demorou muito para que as piadas e brincadeiras aparecerem. “Será que ela “armou” para ter dois natais?”, disparou um internauta.

Pai que é pai participa! 

Casey Fields e sua filha Lyla, de apenas um ano, fizeram um ensaio fotográfico bem diferente. O pai decidiu usar a mesma roupa que a bebê: um tutu de balé. As fotos foram tiradas no Texas, pela fotógrafa Jenn Floyd. A mãe da criança decidiu fazer à mão os tutus rosa claro para a ocasião.

Enquanto os cliques da câmera rolavam, o pai pintou as unhas da filha, desenharam em um livro da Minnie e trocaram abraços carinhosos. Essas fotos fofas surgiram de uma ideia que a Jenn teve para construir seu portfólio. Ela foi até o Facebook para procurar uma dupla de pai e filha que se interessassem em tirar fotos de tutu. Depois de diversos comentários, um amigo de Casey o marcou na publicação.

Sem exitar, o pai topou participar da sessão de fotos. “Eu estava um pouco nervoso porque eu estava de tutu na frente de uma pessoa que eu não conhecia”, brincou Fields. Ele também comentou que espera que as fotos inspirem outras famílias a fazerem coisas parecidas com seus filhos.

Casey e Lyla (Foto: Reprodução/POPSUGAR)

“Se tem algo que eu aprendi com esse momento e quero repassar, é mostrar aos papais que está tudo bem sair da sua zona de conforto e fazer algo diferente com seus filhos”, disse. “Crie memórias, seja um bom pai e se divirta com isso. Eu precisei vestir um tutu para isso? Não! Mas pode ter certeza que será um momento engraçado para lembrar quando ela se formar ou casar, porque eu vou mostrar essas fotos”, completou o pai.

E sim, pai também sente saudades 

Um pai, morador de Virgínia, nos Estados Unidos, caiu em lágrimas quando recebeu um ursinho de pelúcia com o som do batimento cardíaco de seu falecido filho. O presente foi do homem que recebeu o coração do garoto. Ele se sentiu muito grato à decisão da família e decidiu retribuir a ação.

Stephanie Reid compartilhou um vídeo comovente de seu marido, John Reid, sendo tomado pela emoção ao abrir o pacote do destinatário, Robert O’Connor. O filho deles, Dakota, foi morto em um acidente em janeiro de 2019, quando estava andando e foi atingido por um carro.

O pai ficou emocionado ao ver o presente (Foto: Daily Mail)

Em uma entrevista à CBS, John disse: “Quando recebi o urso, meu coração ficou cheio de alegria. Eu não esperava nada disso. Dar o presente da vida é continuar o plano de Deus para as famílias doadoras e para o destinatário”. A família Reid não sabia para onde os órgãos de Dakota iriam quando foram doados, mas descobriram que o menino ajudou a salvar um fazendeiro que precisava de rim e pâncreas, além de um homem de 21 anos que pode enxergar devido aos olhos do filho. John disse que ele e O’Connor também planejam se encontrar pessoalmente pela primeira vez. “Nós somos sangue agora. Somos uma família”, acrescentou.

Independentemente do seu relacionamento com o seu filho é importante lembrar que cada momento importa. Feliz Dia dos Pais!