Vídeo: Menina deficiente anda pela primeira vez no casamento de sua mãe

As imagens foram compartilhadas nas redes sociais e viralizaram

Categorias

Compartilhe

Avah, de apenas 4 anos, nasceu com uma deficiência que não a permitia andar. A menina veio ao mundo com uma espinha bífida, uma malformação congênita caracterizada pelo fechamento do tubo neural, geralmente no início da gestação do bebê. Tal condição fez com que o sistema motor da criança da Irlanda do Norte ficasse bastante comprometido. Mas, no casamento de sua mãe, Avah conseguiu andar pela primeira vez.

A gravidade da espinha bífida varia a cada caso, há pessoas que ficam limitadas a uma cadeira de rodas outras são capazes de andar com o auxílio de um andador ou muleta. Após anos de exercícios, Avah conseguiu se manter de pé e deu seus primeiros passos em uma ocasião bastante especial. Em um vídeo que viralizou nas redes sociais, a menina aparece vistada com um lindo vestido branco, acompanhado de um suéter de manga comprida e uma coroa de flores adornando sua cabeça.

Apoiada em um andador, ela percorreu o corredor ao lado de sua avó e de mais um convidado. Ela nunca tinha dado um passo sequer antes. De repente, a menina está entrando no casamento e se aproximando pacientemente da mãe, que a espera no altar. Sorridente, ela aprecia a admiração de todos, admirados pela força de vontade da Avah. Os presentes começaram a gritar mensagens de apoio, incentivando-a a dar mais um passo, e depois outro, sem parar, até a chegada ao altar.

Clique na imagem e assista ao vídeo!

Menina deficiente anda pela primeira vez no casamento da mãe (Foto:Reprodução/Facebook)

Menina cega enxerga graças à óculos novo

Este não é o primeiro caso que uma criança consegue superar uma deficiência. Lily Lueders, de Austin, Texas, Estados Unidos foi diagnosticada aos três meses de vida com uma condição que não permitiu a formação completa de seu nervo óptico. Isto fez com que ela não enxergasse nada pelo olho direito e tivesse apenas 20% da visão do olho esquerdo, tornando a menina legalmente cega. Mas agora, aos 9 anos, um óculos revolucionário permitiu que a pequena pudesse realizar seu sonho.

A criança, que é apaixonada por balé, conseguiu enxergar pela primeira vez e assistir à apresentação de O Quebra Nozes.  Isso foi possível através de um óculos criado pela Dell Technologies e a eSight. O objeto usa uma câmara de ponta, algoritmos inteligentes e telas de alta resolução que criam uma imagem nítida e em tempo real do que está na frente do usuário. O óculos permite pessoas com perda de visão central enxergarem. Lily não foi a única a participar dessa experiência, outros cegos também foram convidadas para assistir à apresentação de balé.