Vídeo: bebê arremessa comida ao desconfiar do pai

“Você quer compartilhar com o papai? Isso é muito gentil”, comenta o pai brincando

Categorias

Compartilhe

Parece que o momento da alimentação dos filhos sempre trarão surpresas aos pais. Desta vez, quem se surpreendeu foram os pais da pequena Phoebe, de apenas seis meses. A bebê se recusou a comer sozinha e jogou uma colher de comida no prato do pai.  De acordo com o jornal Daily Mail, a família vive na condado de Lancashire, Inglaterra.

No vídeo, a bebê está sentada em um cadeirão e tenta usar a colher com brócolis sozinha quando a mãe, Rachel, 41, tenta incentivá-la a comer as verduras dizendo que a comida estava gostosa. O pai, Simon, 39, também ajuda a esposa em convencer a filha a comer por conta própria. O casal diz a filha, que está vestida com um macacão jardineira estampada de maçã e pêra, para continuar comendo e a aplaudem. Phoebe aparenta ficar confusa com os gestos dos pais enquanto segura a colher perto da boca.

Pouco tempo depois, a menina apoia a colher em baixo do rosto e joga a comida para a frente, que cai no pão que Simon estava comendo. Os pais gritam assim que o brócolis é arremessado pela filha. Simon começa a rir enquanto pega o pão no prato, coberto de pedaços de vegetais. “Você quer compartilhar com o papai? Isso é muito gentil”, comenta ele.

Além de Phoebe, Rachel e Simon são pais de Harrison, 12, que também se divertiu com a atitude da irmã na mesa da sala de jantar. “Foi a primeira vez que ela tentou comer por si mesma e sim, foi brócolis, primeira e espero que última vez que isso aconteça!”, disse Rachel.

Birras, como lidar?

“Birras são terríveis, irritantes, mas são uma realidade da infância”, disse Ray Lewy, psicóloga clínica e autora do livro “Experimente e me obrigue! Estratégias simples que acabam com as birras e criam cooperação”. De acordo com a Pais&Filhos, há quatro estratégias que podem ser muito úteis para lidar com essas situações.

Às vezes a criança apenas precisa extravasar sua raiva ou frustração. Nesse caso, os pais devem deixá-la fazer isso em um lugar reservado para que ela aprenda a lidar com sua raiva de maneira não destrutiva e começar a ter ideia do que é autocontrole. Um momento de distração também é recomendado para tirar o foco da criança no momento da birra. Brinquedos, livros com atividades,um novo passeio ou um programa de televisão podem servir de instrumento para isso. “As crianças se concentram em um só assunto por pouco tempo, por isso normalmente são fáceis de distrair. Isso ajuda a tirar a atenção da birra”, explica Ray Lewy.

Outro fator é a conversa com os filhos. Os pequenos, muitas vezes, têm um vocabulário limitado para expressar os sentimentos, então usam a birra para dizer o que não conseguem traduzir em palavras. Tentar ouvir o que os filhos têm a dizer e usar um tom calmo, pode transmitir confiança a eles. “Nós sabemos por meio de estudos que as pessoas julgam nossas reações. Se você agir com calma, todos vão ver que você é uma boa mãe ou bom pai”, diz Ray, completando que o abraço, a comida e uma soneca podem ajudar a acalmar tanto os pais quanto as crianças.