Relato de mãe: “Não gosto do nome do meu bebê, mas me preocupo com a opinião das pessoas se eu trocar”

Solteira, a mulher acrescentou que não sabia como resolver o problema sozinha e pediu ajuda em um fórum

Autor

Categorias

Compartilhe

Resumo da Notícia

  • Escolher um nome para o seu filho pode ser bem difícil, afinal, a criança terá que conviver com isso por muito tempo – então, a escolha tem que ser a mais certa possível.
  • Mas o que acontece quando você percebe que cometeu um erro com o nome que deu?
  • Uma mãe se arrependeu e pediu ajuda aos internautas.

Escolher um nome para o seu filho pode ser bem difícil, afinal, a criança terá que conviver com isso por muito tempo – então, a escolha tem que ser a mais certa possível. Mas o que acontece quando você percebe que cometeu um erro com o nome que deu? Será que isso é sinônimo de uma mãe ruim?

Foi com essas dúvidas que uma mãe se torturou. A mulher não quis ser identificada, admitiu que não  gostou do nome que escolheu para o filho. No entanto, ela afirma que está “com medo” de mudar o nome devido às reações de pessoas próximas. A mãe teme que a considerem “instável” ou uma “mãe horrível”.

“Oh, eu estou tão envergonhada de dizer que o nome do bebê que eu escolhi não parece certo. Quando eu digo, não parece o nome dele”, explicou. A mulher contou que ainda não registrou o filho devido ao coronavírus, mas, já estava chamando a criança por um nome.

A mulher contou que deseja aproveitar que ainda vai registrar o menino para trocar o nome. A mãe solteira acrescentou que não sabia como resolver o problema sozinha e pediu ajuda em um fórum. As pessoas foram rápidas em compartilhar mensagens doces de apoio e conselhos para a mulher.

Mãe deseja trocar o nome de bebê (Foto: Freepick)

Uma pessoa comentou: “Ninguém vai pensar que você é instável ou uma mãe péssima se você mudar de ideia sobre um nome. Se é isso que parece certo então é fácil, pois o nascimento ainda não foi registrado”. Outra pessoa escreveu: “Você tem um nome alternativo para experimentar? Ou uma lista restrita que você possa pensar no fim de semana? Talvez tente cada novo nome por um dia e  veja o que funciona.”

Outra disse: “Claro que você não é uma mãe horrível. Às vezes isso acontece com nomes. Eu escolhi um monte de nomes para a terceira filha, mas depois que ela nasceu nenhum deles combinava com ela. No geral, todos disseram que a prioridade era que a mulher ficasse satisfeita com a escolha.