Racismo: criança tem página de rede social hackeada e renomeada para: “Canal da Macaca Magrela”

A família precisou registrar o caso na polícia. A criança ainda sofre com os danos emocionais

Autor

Categorias

Compartilhe

Resumo da Notícia

  • Uma menina de 11 anos foi alvo de racismo em sua conta no Youtube;
  • A criança que vive no Rio de Janeiro teve a conta invadida e sofreu xingamentos e ameaças;
  • A família precisou registrar o caso na polícia. A criança ainda sofre com os danos emocionais.

Uma menina de 11 anos foi alvo de racismo em sua conta no Youtube. A criança que vive no Rio de Janeiro teve a conta invadida e sofreu xingamentos e ameaças. A família precisou registrar o caso na polícia. A criança ainda sofre com os danos emocionais.

De acordo com o G1, foi no último dia 11, que a menina percebeu que a sua conta havia sido renomeada para “Canal da Macaca Magrela”. Desesperada, a criança ainda recebeu ameaças: “Eu vou te achar e te matar”, escreveu o agressor.

De acordo com o pai, a menina não consegue mais dormir direito. “Eu sinto medo de sair na rua. A gente não sabe como é a pessoa, não sabe a intenção dela”, disse a menina. Ainda não se sabe que cometeu os crimes.

Indignado, o pai desabafou ao portal: “Falaram que iam cortar ela todinha em picadinhos, que iam matá-la. Coisas que não se falam nem para um adulto, quanto mais para uma criança”. A polícia ainda investiga o caso.

Menina sofre racismo (Foto: Freepick)