Polêmico: gestante faz ensaio fotográfico com mais de 10 mil abelhas pousadas na barriga

A mulher é apicultura comercial, e não imaginava que em tão pouco tempo, suas fotos viajariam pelo mundo todo e que as críticas seriam duras

Autor

Categorias

Compartilhe

Resumo da Notícia

  • Uma gestante do Texas causou polêmica na internet ao fazer um ensaio fotográfico;
  • A mulher usou mais de 10 mil abelhas pousadas em sua barriga gestante de 37 semanas;
  • Bethany se defendeu das duras críticas que recebeu.

A gestante norte-americana Bethany Karulak-Baker, do Texas causou uma polêmica na internet ao fazer um ensaio fotográfico com mais de 10 mil abelhas pousadas em sua barriga gestante de 37 semanas. “Eu não fui picada nenhuma vez. A rainha está presa dentro de uma gaiola”, garantiu a mulher.

Grávida faz ensaio diferente (Foto: Reprodução / Facebook)

Apicultura comercial, Bethany não imaginava que em tão pouco tempo, suas fotos viajariam pelo mundo todo e que as críticas seriam duras.  “Parece que as coisas saíram um pouco fora de controle nos últimos dias. É bem claro que as pessoas na internet não sabem que sou uma apicultora comercial com uma colmeia de observação na minha sala durante todo o ano, fundadora de uma organização sem fins lucrativos que ensina jovens locais sobre como proteger os polinizadores, salvar as abelhas e tornarem-se apicultores”, explicou.

A mulher contou que passou por um trauma, e explicou:  “Depois de perder o nosso bebê em um aborto traumático,  caí numa depressão profunda que durou meses. Lutei com a minha saúde mental, para interagir com amigos e familiares, e continuar minhas responsabilidades como mãe e esposa. Alguns meses depois, fiquei grávida novamente. Em vez de abraçar o nosso novo milagre, lembro-me de me sentir confusa e apreensiva”.

Com 37 semanas, a mãe soube que a filha estava forte e saudável. “Isto não é apenas uma foto de uma mulher com abelhas na barriga. Essa foto representa muito, muito mais. Minha única esperança é de que um dia meus filhos olhem essa foto e vejam a guerreira dentro de mim”, contou a mulher esperançosa.

Ela ainda deu um recado àqueles que criticaram seu ensaio. “Obrigado a todos por me contatarem por e-mail, telefone, texto e mensagem privada para me informarem que as pessoas não aprovaram a minha foto. Mas, como todos sabem, não me importo com a maneira que sou vista pelo exército sem limites de guerreiros de poltronas que menosprezam e criticam cada coisinha que conseguem ver diante de seus olhos críticos. Já fui picada mil vezes e lidei com muitas coisas na minha vida… Estas críticas absurdas são como moscas me beijando. Por isso, por favor, não se preocupe comigo ou com a minha pequena. Faltam 15 dias e, como tudo na minha vida, vamos a todo vapor até ao fim! Agora, se me dão licença, tenho que trabalhar e vender mel no mercado. Não tenho tempo para me sentar e observar o que as outras pessoas fazem”, finalizou.