Papa Francisco se pronuncia em prol da amamentação livre durante celebração

Ao longo dos anos, o pontífice tem adotado essa postura de reforçar a importância da amamentação em qualquer lugar

Autor

Categorias

Compartilhe

Resumo da Notícia

  • Na última quarta-feira (21), o Papa Francisco realizou uma cerimônia na sala Paolo VI, no Vaticano;
  • Ao perceber que uma mãe amamentava, o líder religioso, que costuma incentivar a amamentação livre, elogiou a postura da mulher.
  • Essa não é a primeira vez que o Papa fala sobre o tema.

Na última quarta-feira (21), o Papa Francisco realizou uma cerimônia na sala Paolo VI, no Vaticano, e ao perceber que uma mãe amamentava, o líder religioso, que costuma incentivar a amamentação livre, elogiou a postura da mulher.

Papa elogia amamentação (Foto: Freepick)

No dia, de acordo com a Pontífice, enquanto estava ocorrendo a leitura da Bíblia, chamou sua atenção o fato do neném chorando e da mãe tentando acalmá-lo. Ao longo dos anos, Francisco tem adotado essa postura de reforçar a importância da amamentação em qualquer lugar, mesmo que seja durante uma celebração dentro da igreja. Para ele, aquela era uma cena muito bonita e explicou:

“Vi a mãe que ninava e amamentava o pequeno. Assim faz Deus conosco, como aquela mãe. Com quanta ternura ela movia o menino, amamentava. São imagens belíssimas, e quando isso acontece na igreja, isso de um bebê chorar, é preciso sentir ali que está a ternura de uma mãe que é o símbolo da ternura de Deus com nós”, disse aos presentes.

O Papa Francisco ainda se sentiu grato pela presença da mulher e fez agradecimentos. Além disso, o homem falou: “nunca se deve silenciar uma criança que chora na igreja, porque é a voz que atrai a ternura de Deus”.

Papa elogia amamentação (Foto: Instagram)

Essa não foi a primeira vez que o Papa demonstrou apoio ás mães. Em um batismo coletivo que aconteceu em 2018 ele disse:  “Se eles começam a chorar é porque estão com calor ou não estão confortáveis. Se tiverem fome, amamentem-nos sem medo, deem lhe de comer, isso também é uma linguagem de amor”, disse às mães durante a cerimônia.