Pai estupra, mata bebê e também abusa sexualmente da filha mais velha, de 9 anos

O criminoso culpa o vício em drogas, mas acabou preso

Autor

Categorias

Compartilhe

Resumo da Notícia

  • Na última segunda-feira (4), um pai levou uma bebê de 1 ano e 8 meses para uma Unidade de Pronto Atendimento de Alagoas;
  • A criança tinha sinais de estupro e morreu no local;
  • Por ser o principal suspeito, o pai foi levado pela polícia para a Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) para prestar depoimento.

Na última segunda-feira (4), um pai levou uma bebê de 1 ano e 8 meses para uma Unidade de Pronto Atendimento de Alagoas. A criança tinha sinais de estupro e morreu no local. Por ser o principal suspeito, o pai foi levado pela polícia para a Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) para prestar depoimento.

O homem foi autuado pelo crime de estupro seguido de morte. Ainda segundo o comandante, o pai e a menina são moradores de rua e ficavam em um prédio abandonado no bairro Mangabeiras. O homem alegou ter ingerido crack na noite anterior ao crime.

A mãe da criança foi localizada e a polícia investiga se ela sabia do estupro. Além da bebê, o casal tem mais cinco filhos, sendo que o homem já havia sido acusado de abusar sexualmente da filha mais velha  dele em 2018, em Barreiros, no interior de Pernambuco, na época a criança tinha 9 anos.

O homem de 32 anos fugiu para Maceió para não ser preso pelo crime de estupro que cometeu em Pernambuco. Com ele, vieram para a capital a bebê de 1 ano, as outras filhas e a mãe das crianças e companheira dele.

O pai das crianças teve a prisão em flagrante convertida para preventiva e já está no Sistema Prisional, em Maceió, à disposição da Justiça. Além de ser acusado de estupro de vulnerável, o homem também tinha um mandado de prisão de 2014 em aberto pelo crime de tráfico de drogas.

Filhas são estupradas pelo pai (Foto: Freepick)