Pai da tiro, esfaqueia e sufoca filho de dois anos até a morte

O caso aconteceu em Edimburgo, na Escócia e o homem foi condenado pelo crime

Autor

Categorias

Compartilhe

Resumo da Notícia

  • Pai da tiro, esfaqueia e sufoca filho de dois anos até a morte
  • O caso aconteceu em Edimburgo, na Escócia
  • O homem foi condenado pelo crime
  • Ele foi condenado à prisão perpétua

Lukasz Czapla, de 41 anos, foi condenado por atirar e esfaquear o próprio filho em Edimburgo, na Escócia. O crime aconteceu em novembro de 2020, mas ele foi condenado apenas nesta semana.

Lukasz matou o filho de dois anos com um tiro na cabeça com uma pistola de ar. Logo em seguida, o esfaqueou e sufocou o garoto. O homem foi condenado à prisão perpétua e passará pelo menos 23 anos atrás das grades. Ele confessou ao Supremo Tribunal de Edimburgo que atirou na cabeça do filho antes de esfaqueá-lo com um instrumento semelhante a um espeto e sufocá-lo com um travesseiro.

Pai da tiro, esfaqueia e sufoca filho de dois anos até a morte
Pai da tiro, esfaqueia e sufoca filho de dois anos até a morte (Foto: reprodução Mirror)

Para justificar a ação, o pai falou que fez tudo enquanto passava por um surto, depois de ter consumido álcool com medicação antidepressiva que estava tomando na época. Apesar de falar o que fez, ele nega ter assassinado a criança. Os juízes decidiram que ele é culpado sim pela morte do filho e deram a sentença nesta quarta-feira, 4 de maio.