Mulher usa uniforme de enfermeira e tenta sequestrar recém-nascido em maternidade

A suspeita foi abordada na recepção da unidade, com a criança no colo. Depois de presa, ela contou duas versões diferentes à polícia

Autor

Categorias

Compartilhe

Resumo da Notícia

  • Na última segunda-feira, 12 de julho, uma mulher se passou por enfermeira para tentar sequestrar um bebê da maternidade de um hospital de Curitiba, Paraná;
  • A suspeita foi abordada na recepção da unidade, com a criança no colo;
  • A mulher contou duas versões diferentes à polícia e acabou presa.

Na última segunda-feira, 12 de julho, uma mulher se passou por enfermeira para tentar sequestrar um bebê da maternidade de um hospital de Curitiba, Paraná. A suspeita foi abordada na recepção da unidade, com a criança no colo e acabou presa.

Usando um uniforme de enfermeira, a jovem, de 23 anos, foi até um dos quartos, onde estava a mãe da criança, e falou que levaria o bebê para fazer exames. Entretanto, funcionários do local desconfiaram e decidiram abordar a mulher.

Pais perdem a guarda de bebê (Foto: Freepick)

A polícia foi acionada e a mulher foi presa. Conforme a polícia, em um primeiro momento, ela disse que teria sofrido um aborto e precisava de outra criança. “A informação é de ela que não teria contado sobre a perda ao marido e familiares, o que pode ter provocado esse ato”, acrescentou um oficial ao UOL.

Depois, ela mudou a versão da história e disse que venderia o recém-nascido para uma vizinha dela. A equipe investiga quais fatos são verdadeiros para poder concluir o caso. A jovem não tinha passagens pela polícia e deve responder por sequestro e falsidade ideológica.