Mortos em deslizamento de barreira em Recife são da mesma família

Na madrugada desta terça-feira (24), ocorreu um deslizamento de uma barreira na Zona Norte do Recife. O acidente deixou sete mortos e três feridos.

Categorias

Compartilhe

Na madrugada desta terça-feira (24), ocorreu um deslizamento de uma barreira no bairro Dois Unidos, na Zona Norte do Recife. O acidente deixou sete mortos e três feridos. Cinco adultos, uma criança e um bebê morreram, e três pessoas ficaram feridas. Todas as vítimas fazem parte da mesma família. O deslizamento atingiu duas casas na Rua Bela Vista, no Córrego do Morcego.

De acordo com informações obtidas pelo G1, duas mulheres que estavam dormindo em uma das casas atingidas ficaram desaparecidas por cerca de nove horas. Felizmente, com o auxílio de cães, o Corpo de Bombeiros realizaram buscas no local e encontraram as vítimas às 11h48.

Os familiares haviam se reunido para passar o Natal, e não estava chovendo no momento do ocorrido. Segundo moradores do local, dois canos estouraram e deram início a um vazamento às 2h, o que teria provocado o deslizamento da barreira. Uma equipe técnica foi enviada pela Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) ao local do acidente a fim de realizar uma apuração. A Defesa Civil do Recife também compareceu à área do deslizamento.

Emanuel Henrique de França, 25, que morreu no acidente, é marido de Érica e pai de Érick, que também morreram. O menino tinha apenas dois meses, e a mãe 19 anos. Da mesma família, Daffyne Kaune Alves, 9, sua avó, Lucimar Alves, 50, faleceram junto com Claudia Bezerra, 47, e Lia de Oliveira, 45.

-Publicidade-

Luiz Tadeu Costa, de 56 anos, é um dos feridos no acidente. Ele foi encaminhado para a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) de Nova Descoberta, Zona Norte do Recife, mas recebeu alta no início desta manhã. Sua mulher, Cristina Gomes da Silva, 43, foi levada para o Hospital da Restauração, no Derby, localizada na área central do Recife, com escoriações e apresenta um quadro clínico estável. Cristina é irmã de Lucimar. Marido de Lucimar, Otoniel Simião da Silva, 57, foi dirigido a UPA de Nova Descoberta, porém o estado de saúde dele ainda não foi divulgado. Ele é primo de Emanuel, que faleceu no acidente.

Em entrevista a filial do G1 em Pernambuco, Sandoval dos Santos, 50, recebeu a notícia sobre a morte do filho, do neto e da nora, por meio de uma ligação da esposa enquanto estava trabalhando. “Eu recebi uma ligação da minha mulher, durante o trabalho, falando que meu filho, minha nora e meu neto morreram. Não tenho nem palavras. Acabou o natal da gente”, desabafou.