Menino morre afogado enquanto pais organizavam uma festa

A Polícia Civil informou que a irmã do garoto, de quatro anos, presenciou o ocorrido e pediu ajuda

Categorias

Compartilhe

Resumo da Notícia

  • Menino, de apenas dois anos, morreu afogado enquanto os seus pais organizavam uma festa
  • A criança conseguiu passar por uma grade segurança que havia na piscina e caiu na água
  • O caso ocorreu na cidade de Jaraguá, Goiás

Na última sexta-feira (17), na cidade de Jaraguá, Goiás, um menino, de apenas dois anos, morreu afogado enquanto os seus pais estavam organizando uma festa. De acordo com informações obtidas pela TV Anhanguera, a criança passou por debaixo da grade de proteção da piscina e caiu na água. A Polícia Civil informou que a irmã do garoto, de quatro anos, presenciou o ocorrido e pediu ajuda.

Por volta das 18h, o Corpo de Bombeiros chegou ao local de eventos e encontrou a vítima inconsciente e sem respiração, no colo do pai. Segundo a equipe, houve uma tentativa de reanimar a criança com procedimentos de respiração mecânica a fim de recuperar os sinais vitais da criança. Infelizmente, os médicos da emergência do Hospital Estadual de Jaraguá Sandino de Amorim também não conseguiram reanimar o menino.

Em relato à Polícia Civil, o pai contou que a família estava montando a decoração de uma festa em uma chácara de eventos, no Setor Regina Park. Na piscina havia uma grade de proteção, porém, o seu filho conseguiu passar por ela e caiu na água. O responsável pelo menino ainda disse que “tentou reanimar o filho”, mas não obteve êxito.

Bebê de um ano morre afogada após cair em piscina

No dia 1 de janeiro, Helena de Paula, de apenas um ano, morreu após cair dentro de uma piscina em Anápolis, Goiás. De acordo com informações do Corpo de Bombeiros local, a menina chegou a ser socorrida, mas não conseguiram reanimá-la. Ainda segundo o Corpo de Bombeiros, a família não viu a menina se aproximando da piscina da casa, percebendo o que aconteceu apenas quando ela já estava na água. Ao vê-la, familiares retiraram a bebê da piscina e se dirigiram à sede do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas acionaram os socorristas no caminho.

A equipe se encontrou com a família da pequena Helena no caminho até a sede do Samu. Começaram, então, as tentativas para reanimar a bebê, mas não foi possível salvá-la. Eles seguiram, então, até a central do Samu, onde a morte de Helena foi confirmada.

De acordo com a reportagem da TV Anhanguera, a mãe afirma que estava o tempo todo observando a menina, mas que o acidente aconteceu no momento em que ela saiu de perto da piscina para ir ao banheiro. A família acredita que, neste intervalo, ela foi atrás de um balão com o qual estava brincando e caiu na água.