Menino é mantido preso em armário pelos pais e acaba morrendo de fome

O casal mantinha dois filhos no “castigo” por 16 horas todos os dias

Autor

Categorias

Compartilhe

Resumo da Notícia

  • Pais mantinham dois filhos presos em um armário por 16 horas todos os dias; 
  • A ideia era castigar as crianças;
  • Um deles morreu de fome, segundo laudo médico.

Menino morre de fome (Foto: Reprodução/ Arquivo pessoal)

A imprensa norte-americana noticiou esta semana, que um dos irmãos que eram mantidos pelos pais em um armário morreu de fome! Segundo o laudo da perícia, o pequeno estava em um “estado de fome que não sustenta a vida”.

Elizabeth Archibeque e Anthony Martinez, pais do menino, admitiram que mantinham Deshaun Martinez de 6 anos, e o irmão dele, de 07 anos presos em um armário por 16 horas todos os dias. Isso aconteceu durante um mês. 

Segundo os pais da criança eles passavam fome e os meninos estavam comendo escondidos. Então, optaram por aplicar esse “castigo”. Deshaun foi encontrado morto, trancado em um armário no Arizona. Quando morreu, o menino pesava apenas 18 quilos.

Quando o menino foi encontrado, a polícia informou que “a aparência física da criança de 6 anos não era compatível com sua idade, parecendo desnutrida”. E de fato, o último exame apontou que Deshaun tinha cabelos quebradiços, olhos fundos e quase nenhuma gordura corporal, além de escoriações e hematomas no corpo. A morte do garoto foi dada como homicídio.

Deshaun tinha mais três irmãos e todos foram enviados aos cuidados da assistência social. Os pais e a avó do garoto foram condenados. Acusados de assassinato em primeiro grau, sequestro e abuso de menores, os promotores do caso avaliam pena de morte. Todos negam o crime.