Menino de três anos morre agonizando com chute na barriga dado pelo próprio padrasto

Sergey Lavrenov, é acusado de ter cometido o crime após passar uma noite bebendo com amigos e a esposa, mãe do garoto

Autor

Categorias

Compartilhe

Resumo da Notícia

  • Um menino de três anos morreu sozinho em agonia, em uma cidade da Rússia após receber chutes do próprio padrasto;
  • Sergey Lavrenov, é acusado de ter cometido o crime após passar uma noite bebendo com amigos e a esposa, mãe do garoto;
  • O homem foi condenado.

Um menino de três anos morreu sozinho em agonia, em uma cidade da Rússia após receber chutes do próprio padrasto. Sergey Lavrenov, é acusado de ter cometido o crime após passar uma noite bebendo com amigos e a esposa, mãe do garoto. O homem foi condenado. 

De acordo com o Mirror. O padrasto de Nikita, bêbado, o chutou no estômago várias vezes e o arrastou para o quarto, apenas porque ele estava chorando. A mãe de Nikita, de 23 anos, Nadezhda Soshkina, que tem três outros filhos, foi verificar o menino oito horas depois e descobriu seu corpo sem vida. 

Em depoimento a mãe do garoto disse: ”Eu fui até ele (Nikita) para acordá-lo e colocá-lo no penico, mas o corpo dele já estava frio”. Os depoimentos ainda garantiram que a mulher trocou a roupa da criança e limpou o chão a fim de disfarçar o crime. 

Mais horas depois de encontrar o filho a mulher acionou a polícia. Aos paramédicos, inicialmente, a mãe do garoto disse que ele havia caído do balanço. Mas exames forenses descobriram que o menino morreu de hemorragia interna depois que seu intestino delgado foi rompido.

O tribunal entendeu que a mãe não tentou se esforçar para ajudar o filho. Já o homem foi acusado de causar deliberadamente lesões corporais graves que resultaram em morte. Ele foi condenado a 12 anos e meio de prisão pelo crime. Durante a audiência de sentença o criminoso disse: ”Eu não queria que acontecesse dessa forma”.

Menino morre com chute de padrasto (Foto: Mirror)