Menino de 12 anos é flagrado estuprando irmã de 3 anos: “Idade não justifica nada”, diz mãe

O homem questionou e o garoto negou qualquer crime, mas a vítima confirmou o estupro

Autor

Categorias

Compartilhe

Resumo da Notícia

  • Um menino de 12 anos foi flagrado pelo pai em um quarto ao lado da irmã de apenas três anos;
  • O homem questionou e o garoto negou qualquer crime, mas a vítima confirmou o estupro;
  • O caso aconteceu em Campo Grande em Mato Grosso do Sul.

Um menino de 12 anos foi flagrado pelo pai em um quarto ao lado da irmã de apenas três anos. O homem questionou e o garoto negou qualquer crime, mas a vítima confirmou o estupro. O caso aconteceu em Campo Grande em Mato Grosso do Sul.

De acordo com o boletim de ocorrência, a criança brincava com a água no banho enquanto os pais e os outros três irmãos assistiam televisão na sala. Em um determinado momento, o menino saiu da sala. Ao estranhar o silêncio da filha, o homem foi até o quarto e flagrou o filho nu.

As crianças estavam próximas na cama. Aos pais, o garoto disse que não havia feito nada. À mãe, a menina disse que o irmão passou a mão em seu corpo e colocou o “pipi na frente e atrás”. A mulher ainda disse que a filha tem reclamado: “Ela fala que dói pra fazer xixi”.

-Publicidade-
Menina sofre abuso (Foto: Freepick)

A menina foi levada ao hospital. Enquanto isso, a mãe espera que as autoridades tomem providências. Ao Campo Grande News, a mulher contou que o garoto é enteado dela, e mora com a família há três meses. “Fomos buscar em Ponta Porã no Conselho Tutelar porque ele estava sendo vítima de maus tratos. Fizemos de tudo e ganhamos ingratidão. Idade não justifica nada”, disse.

Apesar do crime, a criança ainda permanece com a família. “Não conseguimos nada, ninguém pode pegar ele, nem polícia, nem Conselho Tutelar. Ele está aqui, fica no quarto. Eu não vou sair da minha casa, tenho outros filhos, não vou ficar na casa dos outros”, explica. “Ele não poderia ter feito isso com a minha filha”, conclui.