Menino de 10 anos não engravidou jovem de 13 anos – verdadeiro pai é revelado

Caso ganhou repercussão mundial e médicos chegaram a afirmar que criança não teria maturidade sexual

Categorias

Compartilhe

Resumo da Notícia

  • Darya, de 13 anos, afirmou que Ivan, de apenas 10, era o pai do filho que está esperando
  • O casal chegou a dar entrevistas e participar de programas de televisão na Rússia, onde vivem
  • A polícia seguiu investigando o caso e encontraram o real pai do filho de Darya

O caso de Darya e Ivan, as crianças de 13 e 10 anos, respectivamente, que estariam esperando um bebê chamou a atenção do mundo inteiro. Moradores da região de Krasnoyarsk, na Rússia, Darya e Ivan estudam em escolas diferentes da região, mas são amigas desde pequenas. Em entrevista à imprensa local, a jovem grávida de oito semanas afirma que vai ter o bebê e que sua família apoia a decisão.

Darya contou, durante a entrevista, que eles estavam sozinhos em casa quando tudo aconteceu e que a ideia partiu do menino. “Mas eu não me importei. Ele fechou a porta deixando a chave na fechadura, para que sua mãe não pudesse abrir a porta. Foi um pouco assustador, que seria doloroso. Foi só um pouco. Foi um pouco vergonhoso, estávamos escondidos debaixo do cobertor. Eu não achava que aos 10 anos ele pudesse fazer essas coisas … eu pensei que nada iria acontecer”

A polícia da região de Krasnoyarsk seguiu investigando o caso e acompanhando a gravidez da menina. Nesta quinta-feira (13), a verdade veio a tona: Ivan não é o pai da criança que Darya espera, e sim um jovem de 15 anos. De acordo com o jornal local Komsomolskaya Pravda, a família da garota fez uma declaração à polícia envolvendo o garoto mais velho, que foi identificado como Stepan. Ainda segundo o jornal, o jovem estaria cumprindo prisão domiciliar.

-Publicidade-
Menino de 10 anos não é o verdadeiro pai da criança que garota de 13 espera (Foto: Reprodução/Mirror)

Desde que o caso ganhou destaque mundial, Darya se tornou uma “influenciadora mãe”. Ela conquistou popularidade nas redes sociais, principalmente TikTok e Instagram, onde já tem quase 90 mil seguidores. Ela costuma fazer postagens com a hashtag #PregnantAt13 (Grávida aos 13, em tradução livre).

Após anunciar gravidez, Darya, de apenas 13 anos, se tornou “influenciadora mãe” (Foto: Reprodução/Mirror)

Quando a história de Darya e Ivan veio à público, diversos especialistas afirmaram que o menino de 10 anos não teria maturidade sexual para engravidar uma mulher. “Verificamos novamente os resultados do laboratório três vezes, para que não haja nenhum erro. Não pode haver espermatozoides. Ele ainda é criança. Ainda não há testosterona. E apenas para adicionar, ele ainda tem órgãos sexuais infantis”, disse o urologista Evgeny Grekov durante um programa de televisão russo. “A puberdade não começou. Então, temos muitas perguntas”, continuou o profissional.