Menino com câncer não pode ver família que está com suspeita de coronavírus

A imunidade da criança é muito baixa e a visita da mãe e do irmão pode ser letal

Autor

Categorias

Compartilhe

Resumo da Notícia

  • No Reino Unido,  dia 22 de março é comemorado o dia das mães 
  • Devido á suspeita de coronavírus, mãe não pode ver filho
  • O menino tem um tumor gravíssimo

Mãe é proibida de ver o filho (Foto:Derek Thomson on Unsplash)

O Dia das Mães é sempre muito especial. No Reino Unido, a data é comemorada dia 22 de março. Mas, para Victoria Morrison, o dia será triste. A mãe foi proibida de visitar o filho com câncer por que o irmão do garoto está com suspeita de ter contraído o coronavírus. 

Kyler, de oito anos, está com um tumor terminal. Entretanto, sua imunidade é extremamente baixa. O irmão mais novo do menino, Tyler, de dois anos, começou a sentir febre e tosse. Apesar de ainda não terem confirmações, o bebê está no quadro de suspeitos. 

Dessa forma, a mãe foi orientada pela equipe médica a se manter isolada com o menino. Os médicos disseram que Victoria e o filho deveriam ficar longe de Kyler. “Esse poderia ser meu último Dia das Mães com Kyler e isso parte meu coração”, disse Victoria ao Mirror.

-Publicidade-

“Os médicos não sabem me dizer qual é a expectativa de vida dele. Alguns me disseram de oito a 12 meses. Eu tenho um pressentimento de que ele chegará a 12 meses”, contou a mãe esperançosa. Victoria ainda pretende ver o filho.