Menino cego aprende a surfar e ganha registro especial do momento

Instrutora encomendou uma foto 3D da criança

Categorias

Compartilhe

Resumo da Notícia

  • Um menino cego tinha o sonho de aprender a surfar, mas achava impossível.
  • Com a ajuda da instrutora Didi Del Moncano, Guigui conseguiu entrar no mar e subir na prancha.
  • O momento foi registrado através de uma imagem 3D.

As fotos servem para registrar momentos importantes das pessoas. Conhecido como Guigui, o menino deficiente visual tinha o sonho de aprender a surfar, mas achava que era impossível. Entretanto, não só conseguiu entrar no mar e se equilibrar em uma prancha como ainda ganhou de presente uma foto em 3D para que pudesse sempre relembrar sua conquista.

Didi Del Moncano, surfista e instrutora, foi responsável por realizar o sonho de Guigui. Em sua conta no Instagram, ela compartilhou as fotos do momento e contou como foi esta experiência. “Aprendeu a surfar e a se posicionar direitinho a #longarina com os pés! Os equipamentos são desenvolvidos especialmente para cada participante pela nossa equipe de #engenhariadereabilitação pensando sempre na melhor forma possível de proporcionar essa experiência para todos”, legendou a publicação.

Guigui e a instrutora (Foto: Reprodução/Instagram)

A instrutora queria que o grande sonho de Guigui ficasse eternizado em um registro que ele pudesse sentir. “No final de qualquer aula de surf sempre tem aquela fotinho segurando a prancha nas costas pra guardar de recordação, não  é mesmo?”, escreveu. Didi quis mais. Queria que Guigui tivesse uma lembrança da qual pudesse sentir toda vez que fosse recordar o momento. A instrutora teve a ideia de fazer uma impressão 3D do menino. Guigui recebeu a foto e pôde sentir o registro de sua primeira aula de surf.

Menino cego aprende a surfar e ganha registro especial do momento (Foto: Reprodução/Instagram)

Imagens em Braille 

Ensaios newborn são muito especiais para a família do recém-nascido, para registrar este momento tão importante. A fotógrafa Vickie Gibson faz parte deste universo e fez fotos da bebê Isla-Rose, apenas algumas semanas após o nascimento. No entanto, Vickie descobriu que menina era cega e tomou uma grande iniciativa: fez imagem em braille.

Bebê nasce cega e ganha ensaio newborn em braille (Foto: Reprodução/The Leader)

A profissional, que mora em Bagullt, País de Gales, passou dias pesquisando maneiras para conseguir ajudar a família. Os parentes de Isla-Rose tinham a procurado com o objetivo de fazer sessão de fotos newborn. Algumas semanas depois, a mãe disse utilizou seu perfil no Facebook para informar que seu bebê também era cedo. “Eu fiquei muito triste quando vi a atualização no Facebook da família. Eu tinha tirado fotos lindas, mas que o bebê não poderia ver. Meus filhos podem olhar para as fotos deles de quando eram crianças, mas essa pobre menina não poderá ver como as imagens ficaram e isso me chateou.”, comentou Vickie  em entrevista à The Leader.

Quando uma pessoa passa por uma situação difícil, sempre sinto que deve haver algo que eu possa fazer para ajudar, e pensei que havia braille para escrever, então, certamente deveria haver algo para fotos”, disse a fotógrafa. Ao encontrar uma empresa que fazia imagens em 3D com efeito braille, tomou a inciativa de tentar e deu muito certo. Vickie imprimiu uma de suas imagens desta maneira para que o bebê possa sentir quando crescer. Segundo a fotografa, a família ficou bastante contente e satisfeita com as foto.