Menino autista de oito anos é mantido preso em canil por mãe e avó

A polícia descobriu o crime por uma denúncia anônima.  As mulheres podem pegar até 15 anos de prisão

Autor

Categorias

Compartilhe

Resumo da Notícia

  • Na última segunda-feira (17), duas mulheres foram presas por manterem um menino autista, de oito anos, em cárcere privado;
  • A criança era mantida na parte externa da casa da família, preso em um canil;
  • A polícia descobriu o crime por uma denúncia anônima.

Na última segunda-feira (17), duas mulheres foram presas por manterem um menino autista, de oito anos, em cárcere privado. A criança era mantida na parte externa da casa da família, preso em um canil. A polícia descobriu o crime por uma denúncia anônima.

A família vive em uma das favelas mais violentas do Rio de Janeiro, e para efetuar o resgate do garoto foi preciso montar uma operação especial. A própria mãe e avó das crianças eram responsáveis pelo crime e assim que a polícia fez a prisão delas, o menino foi resgatado.

Menino é agredido em supermercado (Foto: Freepick)

De acordo com o Globo, o delegado responsável pelo caso informou que o menino apresentava diversos machucados pelo corpo, além de um quadro grave de desnutrição. Ainda de acordo com a investigação, o menino era literalmente tratado como um animal.

O menino foi socorrido e encaminhado para tratamento multidisciplinar e está internado devido a um delicado estado de saúde. Além do cárcere privado, a mãe e a avó do menino também foram indiciadas pelo crime de tortura. Se condenadas, as penas podem chegar, somadas, a mais de 15 anos de prisão.