Menino autista de 6 anos fica preso dentro de casa com a mãe morta por 12 dias

O garoto foi encontrado preso na residência junto com a mãe

Categorias

Compartilhe

Resumo da Notícia

  • Menino autista de 6 anos fica preso dentro de casa com a mãe morta por 12 dias
  • Quem encontrou os dois foi o irmão da mulher
  • O IML já soltou o laudo com a causa da morte

Uma mulher foi encontrada morta na casa onde mora, em São Sebastião do Paraíso, no interior de Minas Gerais. Segundo informações do jornal Correio Brasiliense, junto com a mãe, foi encontrado também o filho dela, de apenas 6 anos, que teria ficado parado ao lado do corpo da mãe por mais de uma semana.

Tudo aconteceu na última segunda-feira, 16 de maio, quando o funileiro Elias Souza foi até a casa da irmã Ana Paula, 39 anos, porque ela não havia entrado em contato com os familiares há dias. Ao chegar lá, segundo ele, Elias gritou na frente do portão algumas vezes, mas como não teve resposta, resolveu estourar o cadeado, arrombar a porta da sala e entrar na casa.

Menino autista de 6 anos fica preso dentro de casa com a mãe morta por 12 dias
Menino autista de 6 anos fica preso dentro de casa com a mãe morta por 12 dias (Foto: Getty Images)

Ao chegar lá, ele relatou que sentiu um cheiro muito forte. Foi então que, ao ir até o quarto da irmã, encontrou o corpo dela já em um estágio avançado de decomposição. O filho da mulher, de 6 anos, que tem autismo, estava na cozinha da casa. O menino, porém, não conseguiu se expressar para contar o que havia acontecido.

Um Boletim de Ocorrência foi registrado na Polícia Militar da cidade, que foi até o local. A primeira hipótese levantada é que Ana Paula teria cometido suicídio e deixado alimentos como biscoitos, sucos e algumas comidas prontas para o filho.

A suspeita, no entanto, foi água abaixo depois da investigação do IML, que constatou morte por infarto do miocárdio. Conforme o laudo, o óbito pode ter ocorrido 12 dias antes do corpo ter sido encontrado, conforme o estágio de decomposição em que ela estava. O velório aconteceu na última quarta-feira, 18 de maio.