Menina ganha braço mecânico após perdê-lo em explosão

A menina ficou gravemente ferida e perdeu todos os dedos do braço direito, exceto uma parte do mindinho

Categorias

Compartilhe

Resumo da Notícia

  • Aubry Harper sofreu um acidente após uma explosão de uma lâmpada incandescente
  • “Não acho que exista uma palavra para descrever como nos sentimos nesse cenário. Chocado é um eufemismo”, disse Alesha, mãe da garota
  • Agora, a menina possui um braço mecânico que a permite tocar novamente com a mão direita

Aubry Harper, de apenas quatro anos, sofreu um acidente após uma explosão de uma lâmpada incandescente do espelho de maquiagem da mãe. A menina ficou gravemente ferida e perdeu todos os dedos do braço direito, exceto uma parte do mindinho. “Não acho que exista uma palavra para descrever como nos sentimos nesse cenário. Chocado é um eufemismo”, disse Alesha, mãe da garota. O caso ocorreu em maio de 2018, mas, felizmente, Aubry conseguiu uma braço mecânico, que a permite tocar novamente com a mão direita.

De acordo com o jornal The Sun, a lâmpada explodiu de maneira inexplicável e a menina havia empurrado a mesa de cabeceira a fim de conseguir se olhar mais de perto.“Eu estava na sala ao lado e ouvi um estalo e um grito, então corri para encontrar os dedos pendurados na mão e o sangue por toda parte”, explicou Alesha. Em uma das imagens, publicadas pelo jornal, a menina já está com a prótese e aparece sorrindo enquanto está brincando em um balanço. 

Aubry sem a prótese (Foto: Reprodução The Sun)

Com apenas dois anos na época, Aubry foi levada às pressas ao hospital, na cidade de Atenas, Alabama. Após ser submetida a uma cirurgia, Alesha soube que a equipe médica só conseguiria salvar parte do mindinho da filha. “Felizmente, eles foram capazes de salvar a palma da mão também, e passamos a semana seguinte aprendendo a trocar os curativos para poder levá-la para casa mais cedo do que o esperado”, disse a mãe.

O trabalho realizado para a prótese ocorreu em uma clínica, em Nova Jersey, e Alesha afirmou que todos os procedimentos duraram cerca de um ano. A mãe ainda disse que o braço mecânico mudou a vida de sua filha e que agora Aubry pode voltar a praticar as atividades que tanto gostava, como andar de bicicleta.

-Publicidade-

A garota, que aprendeu a fazer tudo com a mão esquerda enquanto esperava pela prótese, e Alesha ficaram muito emocionadas pela conquista do braço mecânico. “Ela pode ir no balanço, andar de bicicleta e continuar a vida cotidiana novamente com as duas mãos. Após o incidente, ela estava com medo de muitas coisas, mas usar o braço mecânico a fez se sentir melhor e menos chateada ou confusa com o que aconteceu”, contou a mãe.