Menina de três anos acusa padrasto de cometer estupro

O marido da mãe da menina negou as acusações. A polícia investiga

Autor

Categorias

Compartilhe

Resumo da Notícia

  • Uma menina de apenas três anos contou ao pai e ao avô que havia sido estuprada pelo padrasto;
  • Imediatamente os homens procuraram a Delegacia de Defesa da Mulher, que vai investigar o crime;
  • O marido da mãe da menina negou as acusações.

Uma menina de apenas três anos contou ao pai e ao avô que havia sido estuprada pelo padrasto. Imediatamente os homens procuraram a Delegacia de Defesa da Mulher, que vai investigar o crime. O marido da mãe da menina negou as acusações.

De acordo com o Jornal de Jundiaí, a menina estava na casa do pai quando relatou o crime. De acordo com a criança, o homem teria passado o “piu piu” nas partes íntimas dela.

Revoltado, o pai acionou a mãe da criança e, juntos, questionaram a filha sobre como teria sido o abuso. Enquanto era filmada com um celular, a vítima contou como tudo aconteceu. Após o relato, o pai abordou o padrasto da garota e o homem negou o crime e ainda ameaçou o rapaz.

-Publicidade-

O pai ainda contou à polícia que a menina já havia reclamado de dores nas regiões genitais antes, mas não havia revelado o motivo. No entanto, desta vez, após a denúncia, a criança foi levada ao Hospital Universitário de Jundiaí para fazer os exames cabíveis.

O caso segue em investigação mas já foi registrado como crime contra a Dignidade Sexual e Estupro de Vulnerável. A família não divulgou os resultados dos exames.

Padrasto é acusado de estuprar enteada (Foto: Freepick)