Menina de sete anos dá entrada em hospital e cansada de sofrer abusos pede para morrer

A criança deu entrada em um hospital mexicano com sinas de abusos sexuais e muitas agressões físicas

Autor

Categorias

Compartilhe

Resumo da Notícia

  • Uma menina de sete anos deu entrada em um hospital mexicano com sinas de abusos sexuais e muitas agressões físicas;
  • Cansada de viver no ambiente familiar em que era constantemente agredida, a criança pediu aos médicos que a deixassem morrer;
  • Os pais da menina devem ser acusados e presos.

Uma menina de sete anos deu entrada em um hospital mexicano com sinas de abusos sexuais e muitas agressões físicas. Cansada de viver no ambiente familiar em que era constantemente agredida, a criança pediu aos médicos que a deixassem morrer. Os pais da menina devem ser acusados e presos.

Yaz, foi levada ao hospital Las Margaritas, em Pueblo, em estado grave. Um vizinho testemunhou as agressões e a deixou no local. A menina sofreu hemorragias internas, além de ter apresentado um pulmão em colapso, marcas de queimaduras nas costas, queimaduras de cigarros nos braços e nas mãos, e sinais de agressão sexual.

De acordo com o portal Crime Online, a menina já estava muito cansada de apanhar e viver no clima extremamente hostil no qual ela era submetida e pediu para que a equipe médica a deixassem morrer.

-Publicidade-

O acusado pelo crime de abuso é o tio da menina, que antes de ser capturado, fugiu. Os pais da garota foram pegos e devem responder por violência familiar e abandono. O caso continua em investigação.

Criança sofre abuso (Foto: Reprodução/ Freepick)