Menina de cinco anos descobre câncer e família raspa cabeça em solidariedade

A criança descobriu o câncer cerebral, no início deste ano, e, está fazendo tratamentos extremamente agressivos

Autor

Categorias

Compartilhe

Resumo da Notícia

  • Descobrir um câncer, não é situação fácil para ninguém – agora imagine para uma criança;
  • Sim, o diagnóstico pode ser ainda mais complicado;
  • No entanto, uma família de Cachoeiro de Itapemirim, no Sul do Espírito Santo, deu um show de solidariedade.

Descobrir um câncer, não é situação fácil para ninguém – agora imagine para uma criança. Sim, o diagnóstico pode ser ainda mais complicado. No entanto, uma família de Cachoeiro de Itapemirim, no Sul do Espírito Santo, deu um show de solidariedade. 

A pequena Ana Lívia Lima Ferreira, de apenas cinco anos, descobriu um câncer cerebral, no início deste ano, e, devido aos tratamentos extremamente agressivos, mesmo muito vaidosa,  a própria menina decidiu raspar os cabelos. A mãe da garota ficou surpresa, mas entendeu que aquele era um processo de aceitação da doença.

“Meus irmãos rasparam quando viram que ela raspou. Logo que internou para fazer as primeiras químios cortei o cabelo dela na nuca, mas quando passávamos a mão, caía. Ela me perguntava porque o cabelo dela estava caindo tanto. Expliquei que era o tratamento do câncer. Quando chegou na sexta (28) ela pediu para raspar, mas em casa”, disse a mãe ao jornal A Gazeta.

Família raspa a cabeça em solidariedade (Foto: Reprodução/ Instagram)

Unida, a família não deixou de apoiar a menina. Os cinco tios e um primo, fizeram questão de raspar a cabeça também. A mãe ainda revelou que essa atitude, ajudou muito à filha: “Logo após raspar, ela disse que estava igual a um bebezinho e agora ia lavar a carequinha com shampoo. Ela já sai sem turbante. Ganhou vários e até uma peruca”, contou a mãe. “Graças a Deus nossa família é bem unida e ela (Lívia) é muito forte”, concluiu.

Livia com o tio, Juscelino Lima (Foto: Reprodução/ Instagram)