Mães criam “mamadeiras nocaute” para acalmar bebês e médicos fazem alerta

Misturas incluem cereais, comida sólida e até mesmo remédios

Categorias

Compartilhe

Resumo da Notícia

  • Mães compartilharam nas redes sociais misturas apelidadas de “mamadeiras nocaute”
  • As bebidas são preparadas para fazer com que as crianças durmam a noite toda
  • Servir misturas de leite materno ou fórmula com cereais, comida e até remédios colocaram pediatras em alerta

Uma nova moda entre as mães deixou a internet e os especialistas em desenvolvimento infantil em alerta: as chamadas “knockout bottles”, ou “mamadeiras nocaute”, em tradução livre. Elas consistem em uma mistura de ingredientes elaborada para que os bebês durmam a noite toda, composta por fórmula ou leite materno com cereais, papinha e até remédios – um verdadeiro perigo!

As garrafas causaram alvoroço nas redes sociais depois que Alexis Delaney, uma mãe de Nova York, postar no Facebook para dizer que sua mistura – que incluía a adição de Tylenol quando seu filhinho estava doente – funcionava “o tempo todo”. A postagem foi compartilhada pela primeira vez em novembro, mas voltou a viralizar após acumular mais de 20.000 compartilhamentos. Outras mães de todo o mundo também compartilharam sua opinião sobre as “mamadeiras nocaute”, alegando que fazem maravilhas.

“Mamadeiras nocaute”: misturas de leite materno ou fórmula com outras substâncias deixou a internet em alerta (Foto: Reprodução/Facebook)

Por outro lado, a invenção polêmica também teve uma chuva de críticas de outros pais, que manifestaram sua preocupação em dar alimentos sólidos para bebês com menos de seis meses. Ingerir alimentos inadequados pode causar prisão de ventre, desidratação e desnutrição nos bebês.

-Publicidade-

As postagens apresentando as “mamadeiras nocaute” receberam comentários irados de internautas do mundo todo. “Isso é nojento e muito perigoso para qualquer criança !!! Quem deixou esses idiotas levarem um bebê para casa do hospital!?! Isso vai muito além dos maus pais”, escreveu um usuário do Facebook. “Não há valor nutricional. Aprenda a amar o choro dos bebês à noite, porque um dia você olhará para trás e sentirá falta e vai desejar poder recuperá-lo”, comentou outro.

Em entrevista ao jornal Daily Mail, Bahee Van de Bor, nutricionista especializada em desenvolvimento infantil, admitiu ter ficado “chocada” com a novidade. “É perfeitamente natural e normal que os bebês acordem duas ou três vezes durante a noite. A adição de alimentos sólidos na mamadeira aumenta o risco de asfixia dos bebês. Também pode aumentar a ingestão de calorias do bebê – acima e além de suas necessidades – e não necessariamente promove o sono”, explica a especialista.