Mãe prende o pé em porta de ônibus e derruba bebê

Mulher foi arrastada por cerca de 50 metros; criança não resistiu

Categorias

Compartilhe

Em Belo Horizonte, uma jovem com um bebê no colo ficou com o pé preso na porta do ônibus ao desembarcar. O veículo deu partida, ela derrubou a criança e foi arrastada por cerca de 50 metros. O bebê, de 1 ano e 11 meses, foi atropelado e morreu na hora.

De acordo com a Polícia Militar, o motorista que conduzia o ônibus da linha 608 (Estação Venda Nova/Nova Pampulha) parou na Rua Padre Paulo Rególio para realizar o embarque e desembarque de passageiros. Em depoimento, ele afirmou que observou os três espelhos retrovisores do veículo antes de seguir viagem, mas não viu a mulher descendo com o bebê. Sendo assim, fechou as portas do ônibus e retomou o trajeto. Só parou ao ouvir os gritos desesperados dos demais passageiros – haviam 25 pessoas dentro do veículo no momento do acidente.

Ainda de acordo com o depoimento do motorista, ao parar o veículo ele desceu e foi ao encontro da jovem, que estava caída no chão. Ela gritava desesperadamente, dizendo que o filho havia ficado para trás.

A jovem mãe também prestou depoimento à polícia, contando sua versão. Ela afirma que esperou o veículo parar totalmente para desembarcar com seu bebê. Quando estava no último degrau da escada, a porta fechou repentinamente, travando seu pé esquerdo. O veículo retomou o trajeto e, quando ele começou a se deslocar, ela foi arrastada pela rua e, consequentemente, derrubou o bebê.