Mãe mata filha de cinco meses afogada e diz que cometeu o crime porque a bebê tinha “chip da besta”

De acordo com a delegada responsável pelo caso, a menina foi levada ao hospital já sem vida pela mãe

Autor

Categorias

Compartilhe

Resumo da Notícia

  • Na última terça-feira, 22 de junho, uma mãe matou a filha de cinco meses;
  • A mulher alegou ter matado a criança porque ela estava com “chip da besta na cabeça”;
  • A família vive em Campo Grande, Mato Grosso do Sul e a criança foi afogada.

Na última terça-feira, 22 de junho, uma mãe matou a filha de cinco meses. A mulher alegou ter matado a criança porque ela estava com “chip da besta na cabeça”. A família vive em Campo Grande, Mato Grosso do Sul e a criança foi afogada.

De acordo com a delegada responsável pelo caso, a menina foi levada ao hospital já sem vida pela mãe. No local, a mulher confessou o crime. A criança estava com ferimentos que indicavam estupro e afogamento. Entretanto, a mãe confessou apenas o segundo crime.

Bebê fica preso entre cama e parede (Foto: Freepick)

Ainda conforme a delegada, o pai da menina também foi ouvido. Ele relatou que estava separado da mulher, mas via a filha duas vezes por semana. No dia do crime ele tentou visitar a filha, mas foi impedido pela ex. “Ele contou que a mulher estava estranha e não deixava ele ver a filha há alguns dias”, detalhou a delegada.

Apesar da situação, a polícia acredita que a mãe não apresenta transtornos mentais. Foram os médicos que atenderam a criança, perceberam os ferimentos e acionaram a polícia. A mulher foi presa em flagrante.