Mãe gera bebê com duas cabeças e precisa entregá-lo à adoção

O caso foi descoberto no inicio da gravidez, mas a mulher foi obrigada seguir com a gestação por ordens do sogro

Autor

Categorias

Compartilhe

Resumo da Notícia

  • Uma mulher deu à luz a um bebê com duas cabeças;
  • A mãe foi obrigada pelo sogro a passar pela gestação e entregar o filho para adoção;
  • A expectativa de vida da criança é de 30 a 50 anos.

Passar por uma gestação, também significa se apegar, criar um vínculo com o bebê que está sendo gerado. É alimentar ainda mais o amor pelo filho. Entretanto, um caso curioso aconteceu no Uzebequistão. Uma mulher deu à luz a um bebê com duas cabeças. 

Com 21 semanas de gestação, a mulher, que não quis ser identificada descobriu a anomalia do filho. A equipe médica aconselhou que ela realizasse um aborto, por que ela e o bebê corriam risco de vida. Entretanto, por causa da religião da família, o sogro da mulher não permitiu que ela fizesse o procedimento. 

O caso era ainda mais raro, porque não se tratavam de gêmeos siameses comuns – com dois corpos e cabeças. A criança tinha um corpo e duas cabeças com cérebros funcionais.  E com isso, a mãe não só corria o risco da gestação, como também desenvolvia um trauma psicológico. 

O bebê poderia ter perdido a vida ao nascer, assim como ela. Mas, se tudo desse certo, como deu, ela seria obrigada pelo sogro, a passar por toda a gestação, para no fim, entregar o filho à adoção. Em entrevista à um veículo local, o avô da criança disse que se arrependeu: “Eu errei, não devia ter obrigado que ela fosse até o fim com a gravidez. Eu achava que o bebê iria nascer saudável”, afirmou.

O caso aconteceu em um hospital em Samarkand. O médico responsável pelo caso ainda afirmou que a criança se recupera na Unidade de Tratamento Intensivo. Otimista o especialista explicou: “Ele está bem. Crianças que nascem nessas condições podem, em alguns casos, viver entre 30 a 50 anos”.  O homem ainda contou que o bebê ficará no hospital até que uma nova família seja encontrada.

Bebê nasce com duas cabeças (Foto: Reprodução/ Arquivo pessoal)