Mãe encontra corpo da filha gestante em calçada após ter sido cruelmente assassinada

Depois de desferir os golpes, o homem fugiu e só foi preso em flagrante na segunda-feira (19)

Autor

Categorias

Compartilhe

Resumo da Notícia

  • Karine Carvalho, de 29 anos, estava grávida de três meses quando foi morta a facadas pelo companheiro;
  • O crime aconteceu na madrugada da última sexta-feira (19);
  • Depois de desferir os golpes, o homem fugiu e só foi preso em flagrante na segunda-feira (19).

Karine Carvalho, de 29 anos, estava grávida de três meses quando foi morta a facadas pelo companheiro na madrugada da última sexta-feira (19). Depois de desferir os golpes, o homem fugiu e só foi preso em flagrante na segunda-feira (19).

Em uma situação ainda mais embaraçosa, a mãe da vítima encontrou a filha morta, caída na calçada da casa onde a vítima morava. “Sentimento é grande por perder minha filha, que estava grávida de três meses. Ele fez uma crueldade. Não está sendo fácil. Como que fica meu coração agora?”, afirmou a mãe da vítima em entrevista à TV Tem.

De acordo com um militar responsável pelo caso, o criminoso foi encontrado no quintal de uma casa abandonada e confessou o crime: “Ele falou que estava em casa com o irmão, quando a mulher chegou. Ela ficou bastante nervosa, pegou uma faca e falou que iria furar a barriga para tirar o filho. Ele tomou a faca dela, mas ela foi à cozinha, onde disse que iria matá-lo e depois veria o que faria com o filho. Ela partiu para cima, segundo a versão dele, e ele desferiu as facadas”, relatou. 

-Publicidade-
Mulher é morta grávida pelo marido (Foto: Arquivo pessoal )

Mas, a mãe de Hellen contestou a versão do assassino: “A versão que ele contou é mentira. Eu quero Justiça. Isso não pode ficar assim. Minha filha não foi a primeira. Ele já tinha feito isso com a ex-mulher também. Tem que ter Justiça”, conta. Hellen tinha dois filhos de um outro relacionamento, uma menina de 6 e um menino de 11 anos, que presenciaram a mãe ser agredida.

O casal estava junto há cinco meses e a mãe da vítima revelou:“A relação deles era péssima. A gente fica triste. Os filhos estão sofrendo muito. Me pergunto como ficarão com a situação. Ela era uma pessoa alegre, extrovertida e muito alegre”. O homem, que era usuário de drogas e já tinha passagens pela polícia, foi preso.