Mãe de bebê que nasceu com o crânio deformado mostra foto do filho e antes e depois impressiona

Omobola soube da deformidade do filho ainda durante a gestação

Categorias

Compartilhe

Ozzie nasceu no dia 1 de outubro de 2018 (Foto: reprodução / Mirror)

Omobola Gordon, uma mãe de 25 anos, mostrou uma foto emocionante de como está o filho, Ozzie, após completar um ano de idade. O menino, que nasceu com o tecido cerebral para fora do cranio e uma cabeça pequena, nasceu no dia 1 de outubro de 2018 em Houston, no Texas.

Durante a gestação, a mulher foi informada pelos médicos de que o filho provavelmente nasceria com malformações no cérebro ou no crânio, mas ela deixou claro que gostaria de dar uma chance ao bebê. Ela e o marido até criaram cuidados paliativos, caso Ozzie não sobrevivesse depois do nascimento.

Hoje ele está com um ano (Foto: reprodução / Mirror)

Pesando cerca de 1 quilo, e com uma encefaloide que cobria parte do rosto, o crânio do menino estava totalmente completo, porém com deformidades. Depois de dois dias internados, mãe e filho puderam ter alta do hospital a partir do apoio de visitas de enfermeiras na residência. Quando completou quatro meses, o bebê passou pela primeira cirurgia para remover a encefaloide e desde então, se tornou um milagre para os médicos.

Apesar de ter alguma diferenças dos outros bebê como, por exemplo, não conseguir engatinhar ainda ou cambalear, Ozzie já sorri e derrete o coração de todos os que o conhecem. O intuito de compartilhar a história do bebê é poder compartilhar toda a jornada pelas redes sociais e ajudar outras famílias que também tenham filhos com necessidades especiais.

A família incentiva outros pais com a história de Ozzie (Foto: reprodução / Mirror)

De acordo com Omobola em entrevista ao veículo britânico, Mirror, ela quer mostrar para outras pessoas que milagres acontecem e que as crianças com alguma deficiência merecem todo o amor do mundo, assim como qualquer outra: “Em retrospecto, fico feliz por ter decidido compartilhar a história de Ozzie e contar às pessoas o que estávamos passando com ele, porque o apoio emocional que recebemos superou completamente minhas expectativas.”, explicou.

“Eu acho que muitas vezes as pessoas pensam que estão passando por coisas sozinhas e, na verdade, não é até que falemos e as pessoas ficam mais informadas de que podem então alcançar e mostrar o amor e apoio que você não sabia que precisava. É incrível ver estranhos de outras partes do mundo me procurar e dizer o quanto eles estão nos apoiando e orando por Ozzie. Esse sentimento é imbatível”, concluiu.

Primeiro natal de Ozzie (Foto: reprodução / Mirror)