Mãe de bebê que nasceu com 560 gramas: “Pensei que ela não iria sobreviver”

Menina Isabella contrariou as expectativas e está saudável

Categorias

Compartilhe

Considerada a menor bebê a nascer na história do Hospital Universitário de Jundiaí, a pequena Isabella veio ao mundo em abril de 2019, pesando apenas 560 gramas. Após passar mais de 100 dias na UTI, ela se recuperou. Hoje a menina, de 8 meses, está saudável e pesando 6 kg.

Ellen Cristina Aguiar, mãe de Isabella, teve a gravidez iniciada aos 35 anos, foi alertada pelos médicos de que poderia haver complicações, devido a idade, mas teve assistiu à gestação avançar de maneira saudável e sem grandes complicações.

De acordo com reportagem do portal UOL, Ellen já era mãe de dois adolescentes, um de 15 e outro de 18 anos, quando engravidou de maneira não planejada de seu terceiro filho. Ficou surpresa, mas muito feliz, pois sempre teve o sonho de ter uma menina. No quinto mês de gestação, depois de sentir forte dor no estômago, foi diagnosticada por meio de exames que sofria de Síndrome de Hellp, uma condição grave que coloca em risco a vida da mãe e do bebê.

-Publicidade-

Devido à essa síndrome rara, foi informada que o parto precisaria ser feito imediatamente. A mãe tinha poucas esperanças que a filha fosse sobreviver, mas Isabela contrariou as expectativas.”Pensei que ela não iria sobreviver”, disse Ellen. “Hoje entendo que a Isabella chegou para ser minha companheira, ela é um presentinho que ganhei. Está saudável, não teve sequelas. Meu maior aprendizado foi entender que tudo é possível. Deus é capaz de qualquer milagre. Eu recebi o meu”, afirma Ellen.