Gestante sofre aborto após ser espancada com barra de ferro pelo ex-marido

O homem ainda tentou esfaquear a mulher, mas foi impedido por familiares

Autor

Categorias

Compartilhe

Resumo da Notícia

  • Uma gestante de 33 anos foi agredida com barra de ferro pelo ex-marido.
  • A mulher ficou gravemente ferida e ainda perdeu o bebê.
  • O homem ainda tentou esfaquear a mulher, mas foi impedido por familiares.

Uma gestante de 33 anos foi agredida com barra de ferro pelo ex-marido. A mulher ficou gravemente ferida e ainda perdeu o bebê. O homem ainda tentou esfaquear a mulher, mas foi impedido por familiares. O crime aconteceu em Aparecida do Taboado, Mato Grosso do Sul.

Em depoimento à polícia, a mulher contou que estava na casa da sogra com o homem quando ele se irritou e passou a agredi-la com socos na cabeça, empurrões na barriga e com golpes de barra de ferro nas costas e braços. Ele ainda tentou esfaquear a vítima, mas foi impedido pela mãe e pela irmã.

Com medo, a vítima foi dormir na casa de uma vizinha. No entanto, acordou e percebeu um sangramento. No hospital, a mãe descobriu que as agressões sofridas causaram a morte do bebê. Muito triste, a mulher decidiu voltar para casa.

Ao chegar no local, foi agredida novamente com as barras de ferro. Mas conseguiu ir ao hospital. No entanto, desta vez, foi encaminhada à delegacia para prestar depoimentos. O criminoso ainda não foi capturado.

Atenção! Se sofrer, ou presenciar qualquer tipo de agressão contra mulher, disque 180.

Mãe perde bebê após ser agredida (Foto: Freepick)