Filho esfaqueia mãe 118 vezes e pede saco para cadáver à polícia

Antes do julgamento, o criminoso foi encontrado morto em uma clínica de cuidados mentais

Autor

Categorias

Compartilhe

Resumo da Notícia

  • Um jovem de 17 anos assassinou a própria mãe com 118 facadas;
  • Em seguida ligou para a polícia, confessou o crime e ainda pediu um saco para cadáver à polícia;
  • Antes do julgamento, o criminoso foi encontrado morto em uma clínica de cuidados mentais.

Um jovem de 17 anos assassinou a própria mãe com 118 facadas e em seguida ligou para a polícia, confessou o crime e ainda pediu um saco para cadáver à polícia. Antes do julgamento, o criminoso foi encontrado morto em uma clínica de cuidados mentais.

Ele teria discutido com a mãe, de 50 anos, antes do crime. Depois de matá-la e ligou para polícia:  “Acabei de matar minha mãe. Preciso que alguém me prenda, pois é isso que você faz e uma ambulância seria bom. Eu a estrangulei e a esfaqueei com várias facas e outros enfeites. Ela não está respirando… traga um saco de cadáver ou o que você fizer. Tenho 99,9% de certeza de que ela não está respirando”, descreve o inquérito em publicação do The Sun.

O assassinato teria acontecido dia 1º de julho de 2020, após mãe e filho regressarem à residência após uma caminhada ao livre. Thompson foi detido pela polícia inglesa, que descreveu o comportamento “calmo” do jovem após as facadas.

O julgamento foi marcado para três meses após o crime, mas o jovem tirou a própria vida.  O pai do garoto revelou que seu filho nunca demonstrou comportamento agressivo. “Antes do ataque, Rowan nunca foi agressivo, gostava de esgrima, escalada, o Cubo de Rubik e queria se tornar um arquiteto”, declarou.

Outros dois psiquiatras avaliaram o jovem como “mentalmente incapacitado”. O inquérito ainda está aberto  para investigar detalhes do caso.

Filho mata mãe (Foto: Hyde News)