Filha liga para polícia ao presenciar mãe ser vítima de violência doméstica

O agressor era o pai da criança – e a denúncia provocou a prisão do homem

Autor

Categorias

Compartilhe

Resumo da Notícia

  • Na quarta-feira (3), uma menina de 9 anos acionou a polícia após presenciar o pai, um homem de 33 anos, agredir ameaçar a mãe com uma cadeira;
  • A ligação da criança para a polícia, rendeu a prisão do agressor;
  • O caso aconteceu em Presidente Prudente, interior de São Paulo.

Na quarta-feira (3), uma menina de 9 anos acionou a polícia após presenciar o pai, um homem de 33 anos, agredir ameaçar a mãe com uma cadeira. A ligação da criança para a polícia, rendeu a prisão do agressor.  O caso aconteceu em Presidente Prudente, interior de São Paulo.

No local, a PM viu a mulher de 35 anos com uma faca e um espeto nas mãos, “toda ensanguentada”. Ela disse aos policiais que havia sido agredida por seu companheiro com uma cadeira e ameaçada de morte e estava com os objetos em mãos a fim de tentar se defender.

Mãe é agredida e criança liga para a polícia (Foto: Freepick)

A mãe disse que vivia com o homem, mas tinha contra o autor uma ordem judicial de afastamento. Contudo, o pai negou o crime e disse que arremessou a cadeira contra a mulher durante uma discussão por ciúmes para se defender visto que ela segurava uma faca.

Contudo, de acordo com a polícia, a filha do casal, de 9 anos, que estava no local, confirmou a versão da mãe e disse que ela teria ligado ao 190 pedindo socorro. O caso foi registrado como lesão corporal, injúria, ameaça e descumprimento de medida protetiva de urgência.

A polícia levou a mulher para receber atendimento em uma Unidade de Pronto Atendimento e após levar três pontos na testa, a mãe foi liberada. O homem foi detido e deve permanecer preso até o julgamento.

Menina liga para a polícia ao presenciar mãe ser agredida (Foto: Freepick)