Explosão de Beirute: enfermeira salva vida de três recém-nascidos em hospital destruído pelo acidente

Foram mais de 100 mortos e cerca de 4 mil feridos no desastre que aconteceu na última terça-feira (04)

Autor

Categorias

Compartilhe

Resumo da Notícia

  • Uma explosão na região portuária de Beirute deixou mais de 100 mortos e cerca de 4 mil feridos na última terça-feira (04).
  • Contudo, muitas imagens de heróis têm sido compartilhadas;
  • Um fotojornalista árabe registrou o momento em que uma enfermeira salvou três recém-nascidos.

Uma explosão na região portuária de Beirute deixou mais de 100 mortos e cerca de 4 mil feridos na última terça-feira (04). O Governo local ainda investiga o acidente. Contudo, muitas imagens de heróis têm sido compartilhadas. Recentemente, o fotojornalista árabe, Bilal Jawich publicou em suas redes sociais, o momento em que uma enfermeira salvou três recém-nascidos.

O profissional vive perto da Capital libanesa, e quando percebeu a explosão, foi até a cidade cumprir o seu trabalho. No momento de decidir o seu rumo, o fotógrafo acabou chegando no hospital Al Roum, no distrito de Ashrafieh. De acordo com a CNN, o edifício ficou 80% destruído e cerca de 50 % dos equipamentos médicos foram danificados.

Ao chegar no local, Jawich se deparou com a imagem da enfermeira com os bebês nos braços.  “A mulher parecia estar possuída por uma força oculta que lhe dava o auto-controlo e o poder de salvar aquelas crianças. As pessoas distinguem-se nestes momentos de caos, violência, tragédia e escuridão e esta enfermeira esteve à altura das circunstâncias”, testemunhou à CNN.

Enfermeira salva recém-nascidos (Foto: Reprodução/ Facebook)

O homem ainda explicou que conversou com a mulher que disse que não teve tempo de pensar, apenas agiu. Infelizmente, nem todos tiveram a enfermeira heroína por perto. A CNN ainda revelou que apenas no centro médico, 12 pacientes, duas visitas e quatro enfermeiras morreram devido à explosão e duas pessoas estavam ainda em estado crítico.

Os bebês e suas mães sobreviveram ao acidente e foram levados a outro hospital para receberem o cuidados necessários. Um foco de esperança em meio à tamanha devastação e tristeza. Força Líbano!