Estupro de criança causa morte de família boliviana em chacina

O crime deve ser julgado no Acre, local de captura dos acusados – que deverão ser indiciados por homicídio, estupro e ocultação

Autor

Categorias

Compartilhe

Resumo da Notícia

  • No último final de semana, um crime macabro aconteceu na cidade de Cobija, divisa entre Brasil e Bolívia.
  • A polícia do Acre investiga uma chacina cometida contra uma família boliviana.
  • O crime seria decorrente de um estupro.

No último final de semana, um crime macabro aconteceu na cidade de Cobija, divisa entre Brasil e Bolívia. A polícia do Acre investiga uma chacina cometida contra uma família boliviana. Um dos criminosos teria estuprado uma criança da família – e o crime foi descoberto pelo pai da menina, que decidiu denunciar – o que teria motivado o segundo crime: a morte de três membros da família. Os suspeitos são brasileiros.

Estupro causa chacina na Bolívia (Foto: Freepick)

Um brasileiro de Acrelândia,  extraía madeira na propriedade onde a família vivia. De acordo com o inquérito. o homem percebeu a criança de 13 anos e abusou sexualmente dela. O pai da garota, voltava da lavoura no exato momento e flagrou o crime. Revoltado, o boliviano agrediu o estuprador e amarrou-o em uma árvore, para que pudesse ir até a delegacia registrar o crime.

Enquanto isso, um brasileiro que acompanhava o criminoso, conseguiu fugir e pedir ajuda a outros companheiros para tirar o amigo da árvore. E assim o fizerem, mas um problema ainda maior se deu. De acordo com o  tenente Dário da Almeida, da PM (Polícia Militar) do Acre, em entrevista ao Uol, “Os familiares já estavam retornando para o lado brasileiro. No percurso, o que correu para pedir ajuda no resgate do suspeito do abuso sexual decidiu voltar à casa dos bolivianos para pegar umas espingardas apreendidas pela família da vítima. Lá, houve uma discussão com a mãe da vítima e os assassinatos se desencadearam”, relatou.

A mãe da vítima de estupro teria tentado proteger a família quando foi atingida por um tiro. Mais dois irmãos da garota foram baleados. Todos perderam a vida. A menina ainda tentou filmar o crime, mais foi notada e também foi baleada. Os criminosos pensavam que todos estavam mortos e esconderam os corpos em um seringal. No entanto, a criança sobreviveu e conseguiu fugir do local para pedir ajuda.

A menina encontrou o pai, que retornava da delegacia no momento e a levou para atendimento médico. Ela está internada no Pronto-Socorro de Rio Branco (AC) em estado grave. Os assassinos foram presos no mesmo dia, um deles está desaparecido. A polícia ainda investiga qual deles teria participado da chacina.

Estupro causa chacina na Bolívia (Foto: Reprodução/ PM Acre)

Foram necessárias 36 horas de buscas na mata, para que as autoridades encontrassem os cadáveres da família. O crime deve ser julgado no Acre, local de captura dos acusados – que deverão ser indiciados por homicídio, estupro e ocultação.