Escola realiza jantar de Natal para crianças carentes

Diretor da escola contou que ficou de “coração partido” após descobrir que haviam crianças que nunca tinham conhecido o Papai Noel ou recebido presentes

Categorias

Compartilhe

Na cidade de Leed, no condado de West Yorkshire, Inglaterra, uma escola distribuiu jantares e presentes de Natal para jovens carentes, que nunca tinham conhecido o Papai Noel. Os funcionários da Escola Primária de Parklands se ofereceram voluntariamente a fim de servir uma refeição para 328 alunos e suas famílias.

De acordo com o jornal Mirror, a instituição distribuiu 800 jantares e presentes para os jovens. Chris Dyson, diretor da escola, contou que ficou de “coração partido” após descobrir que haviam crianças que nunca tinham conhecido o Papai Noel ou recebido presentes. “É direito de toda criança ver o Papai Noel, e pensei que se você não pode vê-lo, eu o trarei até você. Decidi fazer uma festa na véspera de Natal ou dois dias antes do Natal, o que fosse mais conveniente para a equipe entrar – sem remuneração – e ajudar”, disse Chris.

Presentes que foram distribuídos aos jovens carentes (Foto: Reprodução Mirror UK)

A ação do diretor moveu 150 pessoas para participarem da primeira festa na instituição há seis anos. Um ano depois, o número de participantes dobrou e permanece crescendo até hoje. Os eventos contam com o apoio de doações de empresas locais e do Conselho da Cidade de Leeds. “O Natal é um período vulnerável para as famílias, é frio e, para algumas pessoas, é a única refeição quente que eles receberão esta semana”, comentou Dyson, complementando que o feriado natalino “é um ótimo dia para todos, e não é apenas para crianças da nossa escola. É para toda a comunidade, qualquer um pode vir e todos participam. No primeiro ano, tivemos muitos filhos que não frequentavam a escola, e eu disse que o Papai Noel não afastava as pessoas. Então, apenas recebemos todos. As escolas estão fechadas em todo o país, mas não nós. Queremos que nossa comunidade saiba que os amamos, e eles merecem esse amor e atenção extras e nos esforçamos para permanecer abertos o máximo que pudermos”.

A escola atende a uma das maiores propriedades do conselho europeu e também a uma área que representa 1% de detrimento na Inglaterra. Somente um terço dos adultos em idade ativa estão empregados e três quartos dos alunos estão aptos a receber o dinheiro extra dado às escolas públicas para auxiliar as crianças mais pobres.

Crianças da aldeia Vanuíre

No Brasil, os policiais militares da cidade de Tupã, São Paulo, decidiram presentear uma aldeia indígena localizada em Arco-Íris, uma cidade que cerca de 22 km de distância. O responsável pela ideia foi o cabo Antônio Lacerda, que pensou em transformar a equipe em Papai Noel por um dia. Além dos presentes, foi realizada uma festa na aldeia de Vanuíre para entregar os presentes as crianças.