Escola não gosta da forma que mãe ganha dinheiro e expulsa crianças “é repugnante”

“Você não precisa concordar com o que eu faço”, disse a mulher. A mãe ainda disse que seus filhos ficaram chocados com a decisão

Autor

Categorias

Compartilhe

Resumo da Notícia

  • Uma mãe de três filhos colocou as crianças em uma escola particular católica na Califórnia;
  • O que ela não esperava é que os diretores expulsassem os garotos após descobrirem que ela tinha um perfil na plataforma erótica OnlyFans;
  • De acordo com a mãe as crianças ficaram chocadas com a decisão.

Uma mãe de três filhos colocou as crianças em uma escola particular católica na Califórnia. O que ela não esperava é que os diretores expulsassem os garotos após descobrirem que ela tinha um perfil na plataforma erótica OnlyFans. A mulher garantiu que os filhos aproveitam a infância como se deve.

Crystal Jackson, de 44 anos, vende fotos sensuais no site de conteúdo adulto por assinatura e fatura até US$ 150 mil mensais – cerca de R$ 820 mil. Com a popularidade da mulher na internet, o conselho da escola decidiu punir as crianças e expulsá-las do colégio – evitando assim, qualquer ligação da mãe com a escola.

Acontece, que a mulher não gostou da decisão e decidiu reclamar para imprensa local: “Você não precisa concordar com o que eu faço. Mas o fato de querer tirar crianças inocentes da escola porque não gosta de uma coisa que a mãe dela faz é repugnante”, começou.

Mãe fica indignada com atitude de escola e denuncia (Foto: Reprodução / Instagram)

No desabafo, a mãe continuou: “Se você quer me assediar dessa forma, ok. O problema é quando fazem bullying e assediam meus fihos, tentando expulsá-los da escola. Queria saber se seu comportamento é melhor do que isso que estou fazendo. É correto uma mãe ou um grupo de mães intimidar uma outra ou fazer isso com seus filhos porque simplesmente não gosta de algo que a mãe deles está fazendo? Se não gosta, não precisa olhar. A maioria das pessoas, 99% delas, sabe o que está acontecendo, mas não se importa”.

À NBC, a escola disse que os valores da família não condizem com a instituição: “Sua aparente busca por polêmicas de grande repercussão em apoio a um site de conteúdo adulto está em conflito direto com o que esperamos transmitir aos nossos alunos e se opõe diretamente às políticas estabelecidas em nosso manual para pais/alunos. Nós, portanto, exigimos que você encontre outra escola para seus filhos e não tenha mais associação com a nossa”.

Escola expulsa crianças por causa do trabalho da mãe (Foto: Reprodução / Instagram)

De acordo com a emissora CBS, afiliada da CNN, Jackson afirmou que continuará postando suas fotos na plataforma de conteúdo adulto e que vai matricular seus filhos em outra escola. Desapontada, a mãe contou que as crianças ficaram chocadas e confusas com a notícia de que sairiam da escola.