Crianças são gravemente feridas após serem torturadas por mãe e padrasto

As crianças de 1 ano e 11 meses e de três anos estão hospitalizadas após as agressões

Autor

Categorias

Compartilhe

Resumo da Notícia

  • Na última terça-feira, 6 de julho, a mãe e o padrasto de dois meninos foram presos por suspeita de tortura e tentativa de homicídio;
  • As crianças de 1 ano e 11 meses e de três anos estão hospitalizadas com ferimentos graves;
  • O caso aconteceu no Distrito Federal.

Na última terça-feira, 6 de julho, a mãe e o padrasto de dois meninos foram presos por suspeita de tortura e tentativa de homicídio. As crianças de 1 ano e 11 meses e de três anos estão hospitalizadas com ferimentos graves. O caso aconteceu no Distrito Federal.  Saiba porque os castigos físicos não são a solução. 

O delegado responsável pelo caso, afirmou aos jornais locais que a mãe, de 26 anos, levou a filha mais nova a um hospital da região. À equipe médica, a mulher informou que a criança havia caído do carrinho de bebê e, por isso, estaria machucada.

Menino é torturado por mãe e padrasto (Foto: Reprodução/ Divulgação)

Os médicos desconfiaram da versão e acionaram a polícia, que passou a investigar o caso. Ao chegar à casa da família, as autoridades encontraram o padrasto da bebê calçando uma sandália em que o solado condizia com as lesões. O homem foi preso em flagrante.

O segundo filho da acusada, de três anos, foi localizado pela polícia e Conselho Tutelar na casa da mãe do padrasto. O menor também apresentava várias lesões pelo corpo. As crianças foram encaminhadas para o hospital. O bebê foi internado em estado grave.

Além de responder pelas agressões, o casal será investigado pelo crime de estupro de vulnerável devido lesões nas partes íntimas do menino mais velho. O casal não confessou os crimes.