Criança é socorrida em bloco de Carnaval por consumo excessivo de álcool

Mais de 40 pessoas foram atendidas por consumo de álcool e drogas durante a folia em Campo Grande, em Mato Grosso do Sul

Categorias

Compartilhe

Resumo da Notícia

  • Um menino de 12 anos precisou ser socorrido durante as festas de Carnaval em Campo Grande
  • De acordo com a polícia, ele estava extremamente alcoolizado e só foi liberado na presença da mãe
  • Ainda segundo relatório divulgado pela polícia local, 85% dos casos registrados de abuso de álcool e drogas envolviam menores de idade

Neste Carnaval, ao menos 40 pessoas foram atendidas pelo serviço de urgências organizado pela prefeitura de Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul – a maioria dos casos por consumo excessivo de álcool e drogas. Uma das pessoas socorridas foi uma criança de 12 anos atendido no sábado (22) à noite, extremamente alcoolizado. Como em outros casos envolvendo menores de idade, a criança só foi liberada com a presença dos pais ou responsáveis.

A mãe da criança foi acionada por celular, mas se recusou a ir até a Esplanada Ferroviária – local onde se concentram os desfiles de Carnaval em Campo Grande – buscar o filho. Um veículo oficial teve de ir até o bairro pegá-la para só então o garoto ser liberado. O nome da criança não foi divulgado.

Criança é socorrida por consumo excessivo de álcool durante Carnaval em Campo Grande (Foto: Unsplash)

De acordo com o balanço parcial divulgado na manhã desta segunda-feira (24) por Yama Higa, coordenador geral de urgência do Município, no primeiro dia de folia, no último sábado (22), foram realizados 18 atendimentos; já no domingo (23) a número subiu para 22. “Todos os atendimentos foram por abuso de álcool e droga e 85% desses casos envolveram crianças e adolescentes”, afirma o oficial.

 

-Publicidade-

Bebê abandonado no bloquinho

Uma mãe de 19 anos foi detida na madrugada deste domingo (23) após abandonar um bebê de seis meses em um carrinho durante o Carnaval de Araguaína, na região norte do Tocantins. O incidente aconteceu na Via Lago, onde se concentram os blocos de carnaval na cidade.

Foliões que estavam no local acionaram a Polícia Militar ao perceberem que o bebê estava sozinho no meio da multidão. A criança foi levada para o ponto de apoio da polícia e o Conselho Tutelar foi chamado. De acordo com a polícia, pouco tempo depois a mãe da criança apareceu no ponto de apoio; ela e o bebê foram, então conduzidos para a delegacia de plantão, onde ela foi detida por abandono de menor.