Criança é agredida em supermercado após ser acusada de furto por segurança

A ação foi interrompida por entregadores de aplicativo que estavam no momento das agressões

Autor

Categorias

Compartilhe

Resumo da Notícia

  • Na última terça-feira (2), o funcionário de um supermercado agrediu uma criança negra após acusá-la de furtar um produto no local;
  • A ação foi interrompida por entregadores de aplicativo que estavam no momento das agressões;
  • A polícia investiga o caso.

Na última terça-feira (2), o funcionário de um supermercado agrediu uma criança negra após acusá-la de furtar um produto no local. A ação foi interrompida por entregadores de aplicativo que estavam no momento das agressões. A polícia investiga o caso.

João Montanaro, cartunista da Folha de S.Paulo, contou ao jornal que ele estava em casa quando ouviu uma gritaria e observou a cena da janela de casa. A testemunha pôde ver o segurança no estacionamento do Pão de Açúcar, segurando a criança pelo braço.

Segurança agride criança em supermercado (Foto: Freepick)

Gritos na janela, chamaram a atenção do homem, que logo em seguida viu a criança sendo agredida com um soco. Os entregadores de aplicativo se envolveram na briga até que outros seguranças do Pão de Açúcar levaram o agressor para dentro da loja.  O cartunista revelou que nesse momento, a criança já tinha sumido.

Em nota à Folha, o Pão de Açúcar informou que “tão logo tomou conhecimento sobre o ocorrido na noite de ontem, acionou imediatamente a loja e as autoridades, e iniciou um processo interno de apuração”. A empresa disse que “repudia e não tolera qualquer ato de violência ou desrespeito” e que “o colaborador envolvido está afastado até que o processo de apuração seja finalizado e as providências necessárias possam ser tomadas.” A polícia também investiga o caso.

Menino é agredido em supermercado (Foto: Freepick)