Comissário de bordo acalma bebê e vídeo é exemplo de empatia

Era o primeiro voo de avião da pequena Alayna, que acabou se assustando

Categorias

Compartilhe

Resumo da Notícia

  • Primeiros evento na vida de bebês nem sempre são fáceis.
  • Comissário de bordo foi responsável por acalmar menina de nove meses.
  • O momento foi gravado e compartilhado pela mãe em suas redes sociais – o vídeo viralizou na internet.

Com um mundo de sons e cheio de experiências novas, os bebês acabam levando alguns sustos e chorando. Este foi o caso de Alayna, de apenas 9 meses, que viajava com a família e teve sua primeira experiência em um avião. O casal e seus três filhos saíram de Rockford, em Illinois, rumo à Disney, na Flórida, um voo de aproximadamente três horas. Estranhando o evento, a bebê assustou e só conseguiu se acalmar com a ajuda de um comissário de bordo. O momento foi gravado pela mãe e o vídeo viralizou na internet.

Bebê é acalmado por comissário de bordo e vídeo é exemplo de empatia (Foto: Reprodução/Facebook)

Logo após a decolagem, Alayna começou a chorar e gritar. Os pais tentaram de tudo para acalmar a filha, mas não tiveram sucesso. “Estávamos nos sentindo como aquelas pessoas no avião em que a criança chora e todo mundo quer expulsá-los do voo. As pessoas que estavam nos olhando com simpatia, agora estavam do tipo: ‘aí meu Deus, quando ela vai parar?’”, disse a mãe Ashley Dowell, em entrevista ao programa Good Morning America.

Após cerca de 15 minutos, um comissário de bordo ofereceu ajuda. O trabalhador da companhia aérea, Wesley Hunt, pegou a menina no colo e começou a caminhar pelos corredores do avião. Ele foi o responsável por conseguir acalmar a menina. “Ele foi tão bom. Tão educado, carinhoso e gentil que ela instantaneamente se acalmou”, afirmou a mãe. Alayna retornou para o colo dos pais mais relaxada e conseguiu adormecer.

O momento foi registrado pela mãe para que a filha pudesse ver futuramente como foi o primeiro voo de avião. Ashley postou as imagens em suas redes sociais e a ação de Wesley viralizou. “Há tanta negatividade nesse mundo que o vídeo é um lembrete de que existem pessoas boas por aí”, ressaltou. Devido à repercussão da publicação, a mãe conseguiu encontrar o comissário no Facebook.

Wesley Hunt contou aos pais que não conseguiu ajudar antes, pois estava aguardando desligarem o sinal do cinto de segurança. Após autorizado, pôde ir ao encontro da família. “Antes de mais nada, eu amo bebês e quero ter um cem deles! Não costumo pegar os filhos as pessoas no colo, porque muitos não gostam disso. Mas, percebi que precisavam de ajuda. Em um mundo cheio de ódio, eu gosto de ser uma luz brilhante para alguém que precisa”, declarou o comissário de bordo.