Clínica neurofuncional realiza bloquinho para crianças especiais

Algumas crianças estavam em cadeiras de roda. Outras, ficaram no colo ou caminharam

Categorias

Compartilhe

Resumo da Notícia

  • Em Goiânia, uma clínica de terapia neuromotora do Centro de Reabilitação Neurofuncional (CGRN) decidiu fazer algo diferente: seus pequenos pacientes puderam curtir o carnaval
  • Mesmo com a grande quantidade de chuva no momento do desfile, o percurso foi maior do que o esperado
  • Algumas crianças estavam em cadeiras de roda. Outras, ficaram no colo ou caminharam

Em Goiânia, uma clínica de terapia neuromotora do Centro de Reabilitação Neurofuncional (CGRN) decidiu fazer algo diferente: seus pequenos pacientes puderam curtir o carnaval. Mesmo com a grande quantidade de chuva no momento do desfile, o percurso foi maior do que o esperado.

Após um tempo, as nuvens carregadas sumiram e o bloco foi acompanhado pelos Agentes da Secretaria de Trânsito (SMT), que deram apoio às crianças. Algumas, estavam em cadeira de rodas. Outras, ficaram no colo ou caminharam.

As crianças especiais curtiram o carnaval (Foto: Reprodução/Sulbahia)

“A festança já é tradicional, mas nesse ano decidimos fazer algo diferente e com o apoio da equipe de fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, fonoaudiólogos e musicoterapeuta decidimos criar para as nossas crianças uma experiência completa dos bloquinhos de carnaval de rua. Eles ficaram muito felizes e essa é a recompensa para nós”, disse a fisioterapeuta e diretora da rede, Silvana Vasconcelos.

“Criança é criança, e nós temos que incluir nas sessões de terapia o que elas mais gostam: brincar. Quando o ambiente é lúdico e prazeroso, acreditamos que as crianças se sentem mais motivadas a fazer o que precisamos que elas façam, e o melhor de tudo, brincando. Elas precisam querer estar conosco, precisam se sentir bem e alegres nos ambientes da clínica, o que irá implicar em maior interação e, como consequência, maior aprendizagem”, completou a especialista.

20 anos do bloco “Algodão Doce”

Este ano, Carla Perez celebra 20 anos de seu bloco infantil, intitulado “Algodão Doce”. Logo, o carnaval desse ano é ainda mais especial. A baiana desfila neste sábado (22), no Circuito Campo Grande, e fará folia com o tema “circo”. “São 20 anos do Algodão Doce! Numa pesquisa feita, o maior número de festa de crianças tem como tema o circo. É unânime. O circo está em primeiro lugar. Aí eu pensei: “Eu quer retornar para o circo”. A gente já fez circo lá trás e ele está de volta”.

Seu marido, o vocalista do Harmonia do Samba, Xanddy, também estava no bloco. Além disso, a presença da apresentadora Lorena Improta também foi notada. De acordo com Carla, os pequenos são o público mais exigente. “Acho que  exigência é mais nossa mesmo. Fazer o melhor para a criança porque a gente se preocupa muito com isso. Eles se divertem, eles brincam, eles não tem noção das coisas. Eu me preocupo com tudo, cada detalhe.”

O algodão doce reuniu uma multidão de pequenos e pais que estavam animados no fim desta manhã de sábado (22). Após fazer uma contagem regressiva, Perez subiu no trio elétrico cantando “vem dançar que o circo já chegou”. Desde o início, as crianças já estavam animadas com tanta folia do carnaval, como confetes, bolhas de sabão e espuma.