Cachorro ajuda criança que estava perdida em terminal de ônibus

O caso aconteceu no bairro Canasvieiras, em Florianópolis

Categorias

Compartilhe

Resumo da Notícia

  • Uma criança de 12 anos desapareceu na última terça-feira (11)
  • Quando a criança foi encontrada, estava desorientada e nervosa no meio de muitas pessoas que esperavam pelos ônibus
  • Ele não queria deixar o local e seguir com os guardas, até que descobriu que havia um cachorro na viatura

Uma criança de 12 anos desapareceu na última terça-feira (11). Ele foi encontrado pela Guarda Municipal poucas horas depois. O caso aconteceu no bairro Canasvieiras, em Florianópolis. O menino, que é autista, foi encontrado no Norte da Ilha de Santa Catarina pelos guardas do TICAN (Terminal de Integração de Canasvieiras).

Ele só aceitou seguir com os guardas quando descobriu que havia um cachorro na viatura (Foto: Reprodução/ND)

Os fiscais do terminal de ônibus entraram em contato pelo número 153 da Guarda Municipal e disseram que havia um garoto que estava sozinho, por volta das 19h. Pouco tempo depois, a equipe recebeu o telefonema da avó, que estava desesperada à procura do neto.

Após sair de uma clínica médica, o menino se perdeu. Ele estava sob os cuidados da avó, mas ela não notou seu dsesaparecimento. Então, uma guarnição do Núcleo de Operações com Cães, integrante da organização, foi até o local às 20h30.

-Publicidade-

Quando a criança foi encontrada, estava desorientada e nervosa no meio de muitas pessoas que esperavam pelos ônibus. Ele não queria deixar o local e seguir com os guardas, até que descobriu que havia um cachorro na viatura. De acordo om Rodrigo Bassi, que faz parte do núcleo, a presença do cão o tranquilizou. Depois que ele acompanhou a autoridade, foi levado até o encontro da família.

Heróis de quatro patas

Um cachorro vira-lata impediu um assassinato brutal de uma mulher de 32 anos e um bebê de 11 meses. Um homem de 27 anos invadiu a casa da família a procura de uma adolescente de 15 anos, filha da mulher e mãe da menina e esfaqueou os parentes da jovem. A situação só não foi mais grave, porque 0 animal de estimação atacou o suspeito durante a agressão. O caso ocorreu no último domingo (05) em Luiziâna, Goiás.
Segundo informações divulgadas pela Polícia Militar de Goiás (PMGO), a motivação do crime foi uma rejeição que o homem sofreu da adolescente. A jovem teria combinado, através de um aplicativo de relacionamento, de se encontrar com o suspeito, mas durante o encontro se recusou a ficar com ele. Tal incidente deixou o homem enfurecido.
O agressor fugiu após ter sido atacado pelo vira-lata, mas foi preso logo em seguida. O suspeito foi encontrado em um matagal perto do local da ocorrência. Ele foi levado para o Centro Integrado de Operações de Segurança (CIOPS) e vai responder por tentativa de feminicídio. As vítimas foram encaminhados ao hospital. A mulher foi atendida e recebeu alta, porém o bebê continua internada.