Bebê sobrevive após bolsa romper na 13º semana de gestação

Criança foi apelidada de “milagre de Natal”

Categorias

Compartilhe

Apelidada de milagre de Natal, a pequena Lacey nasceu no dia 1º de dezembro pesando apenas 1,3 kg em Burton, Inglaterra. A bebê sobreviveu ao rompimento da bolsa na 13ª semana de gestação.

Os médicos, ao perceberem que a bebê estava praticamente sem líquido amniótico, disseram que a pequena tinha apenas 1% de chance de sobreviver. Sem o fluido, o bebê não teria capacidade pulmonar nem seria capaz de se mover.B

A britânica Kirsty Mizon notou que algo não estava certo ao acordar em certa manhã perdendo muito sangue. Ao chegar no hospital, foi informada pelos médicos que a bolsa havia rompido e que o bebê faleceria dentro de 48 horas.

Após receber a notícia, voltou para casa e percebeu, através de um aparelho de ultrassom, que o coração do bebê ainda estava batendo. Ainda assim, os médicos disseram que o bebê não sobreviveria ou nasceria com deficiência.

Mesmo optando por não interromper a gravidez, já estava planejando o funeral quando foi surpreendida pelo trabalho de parto prematuro na 29° semana de gestação.

Superando as expectativas, a bebê ficou no útero até a 29º semana de gravidez e está tendo progresso na UTI Neonatal. “Ninguém acreditava no quão bem ela estava se desenvolvendo. Ela provavelmente vai ficar internada até o Ano Novo, mas só tem um problema nas pernas que pode ser consertado com fisioterapia. Não poderia estar mais feliz. Ela é meu milagre de Natal!”, disse ao The Sun.