Bebê nasce com condição rara que esmaga seu cérebro

O caso aconteceu em Liversedge, na Inglaterra

Categorias

Compartilhe

Resumo da Notícia

  • Um bebê nasceu com a cabeça inchada e passou por uma cirurgia após 10 horas de seu nascimento
  • Lorenzo desenvolveu hidrocefalia enquanto estava no útero
  • Depois de muitas cirurgias, o estado de saude do menino melhorou

Um bebê, que nasceu com a cabeça inchada e passou por uma cirurgia após 10 horas de seu nascimento, desafiou os médicos. Lorenzo desenvolveu hidrocefalia enquanto estava no útero, o que significa que ele acumulou líquido dentro de sua cabeça, que causou uma ruptura de parte do cérebro.

A condição do menino o deixou com diversos problemas na região da cebeça. Além disso, os especialistas descobriram que ele nasceu sem o ânus. Dessa maneira, o garoto foi submetido a uma colostomia dentro de 10 horas após seu nascimento. Seus pais, Fernando Pontone e Nichaela Lewis, de Liversedge, na Inglaterra, tiveram a opção de interromper a gravidez quando a mãe estava de 20 semanas.

O pequeno passou por uma cirurgia após 10 horas de vida (Foto: Reprodução/Mirror)

“O médico disse que havia uma boa chance de ele ainda nascer cego, surdo, ter convulsões constantemente ou não se mexer”, contou a mãe. De acordo com o pai, o primeiro conselho que os médicos deram foi o aborto. “Nós conversamos muitos dias sobre isso e choramos muito”.

O casal, que tem cinco filhos em casa, de dez meses a 12 anos, tomou a decisão de continuar a gravidez. “No final, nós não achamos que abortar seria justo”, disse Fernando. “Ele já estava praticamente pronto para nascer. Já tinha braços, pernas e um rosto”.

Ele também declarou que não acreditava que passaria por essa situação. “Nós tivemos cinco filhos que não tiveram complicação alguma”. Mais tarde, um exame de imagem revelou que Lorenzo teve hidrocefalia grave e apresentou um cisto no meio do cérebro que poderia ter causado mais danos.

O pequeno chegou ao mundo no dia oito de janeiro. Após o nascimento, eles o levaram direto para uma mesinha e demorou alguns minutos para o trazerem de volta. “Parecia uma eternidade os segundos que esperamos para ouvir o primeiro choro dele”.

Uma semana depois, o bebê passou por quatro horas de cirurgia no cérebro, que Fernando descreveu como “o pior dia da minha vida”. “Nós apenas caminhamos e passeamos pelo hospital. Quando o especialista nos encontrou, contou que nosso filho estava bem”.

Desde o nascimento de Lorenzo, o casal passou as semanas se revezando para ficar em um apartamento próximo ao hospital, enquanto o outro cuidaria de seus outros cinco filhos em casa. Eles fizeram uma conta na página Go Found Me para ajudá-los nos gastos. Se os pais arrecadarem mais de mil libras, o dinheiro restante será doado para a unidade neonatal.