Bebê morre engasgada após mãe lhe dar um pedaço de banana

A mãe, Yuni Sari, disse que não sabia que bebês, com menos de seis meses, não podiam ingerir alimentos sólidos

Categorias

Compartilhe

No domingo (8), no sub-distrito de Kebon Jeruk, Indonésia, uma bebê, de apenas dois meses, morreu engasgada após sua mãe, Yuni Sari, lhe dar um pedaço de banana. Yuri disse que não sabia que bebês com menos de seis meses não podiam comer alimento sólidos, por causa de seu sistema digestivo subdesenvolvido, então deu a fruta a menina e a sua irmã gêmea. Felizmente, nada aconteceu com a outra bebê.

Segundo o site The Digital Weekly, a polícia local afirmou que não há indícios de que a morte foi proposital. Erick Sitepu, chefe da polícia, disse que “tudo começou por volta das 20 horas quando a mãe da vítima tentou dar um pedaço de banana, usando uma colher, como um alimento para desmame, antes de colocar os bebês na cama”. A menina foi encontrada morta na manhã seguinte.

A família da bebê levou o corpo para o Puskemas, centro de saúde comunitário local. Erick disse que enquanto a família estava a caminho do local, o nariz da vítima estava sangrando e ao chegar no centro de saúde ela já estava morta. Pouco tempo depois que o Puskemas informou a polícia de Kebon Jeruk sobre o falecimento, Yuni foi levada para um interrogatório.

O corpo da filha foi levado ao Hospital Cipto Mangunkusumo a fim de realizarem uma verificação, cujo resultado mostrou uma fatia de banana presa no trato respiratório. No processo de verificação, não foi encontrada nenhuma indicação de trauma físico ou abuso no corpo da bebê.

Na Indonésia, a morte por negligência pode ser vista como uma ofensa criminal, porém, a polícia não acusou Yuni pela morte da filha, com a justificativa de que tudo foi um acidente.

De acordo com a Pais&Filhos, durante a introdução alimentar, que é uma fase delicada, o principal medo dos pais é que a criança engasgue durante uma refeição. Entretanto, muitas das vezes, as mães confundem um engasgo com o reflexo gag. O engasgo ocorre quando o bebê está com a garganta parcialmente ou completamente fechada. Nessa situação, a criança vai precisar de um auxílio para fazer o deslocamento do alimento que ficou preso. Por outro lado, o reflexo gag é um mecanismo de defesa do corpo humano que tem a função de retornar o alimento para a boca. O mais importante é se manter calmo a fim de transmitir a segurança para o bebê.