Bebê morre congelado após mãe esquecê-lo na varanda e justiça toma uma decisão

A criança ficou cerca de cinco horas exposta no frio de -20ºC

Categorias

Compartilhe

Um bebê, de sete meses, morreu congelado em Khabarovosk, na Rússia, depois da mãe, de 40 anos, deixá-lo na varanda em uma temperatura de -20ºC. A justificativa da mulher era de que o filho precisava de “ar fresco”, mas acabou esquecendo a criança do lado de fora, assim como informa o Metro UK. De acordo com o veículo britânico Daily Mail, o bebê ficou cerca de cinco horas na varanda do apartamento, depois de dormir em um carrinho, no dia 5 de janeiro.

Ele ficou cinco horas do lado de casa (Foto: reprodução / Unsplash Jonathan Knepper)

Horas depois, quando se lembrou do que havia feito, ela contou que o bebê não apresentava mais sinais de vida. Os médicos, infelizmente não conseguiram reanimá-lo, e a causada morte foi considerada como hipotermia. As investigações tiveram início no dia 5 de janeiro e a mãe, de acordo com a mídia local, foi presa.

Com uma publicação, feita pelo Instagram, o Ministério da Saúde de Khabarovski emitiu um alerta sobre o cuidado de não deixar os filhos fora de casa em dias frios: “Sempre saiba onde e com quem está o seu filho. Não deixe de relatar caso uma criança esteja em perigo. No inverno, uma criança perdida ou ferida na rua pode rapidamente se tornar vítima de baixas temperaturas”.

-Publicidade-
A mãe havia colocado o filho para tomar um ar na varanda do apartamento (Foto: Vasily Zadunaev)

O Ministério da Saúde ainda comentou que as crianças de Khabarovsk estão sendo vítimas da “ignorância” dos pais e da negligência das “medidas básicas de segurança” cada vez mais. Os acidentes mais comuns reportados na região são: queimaduras, quedas de altura ou ferimentos com fogos de artifício. Ainda foi aconselhado que os pais bebessem menos para cuidar melhor dos filhos.

“O grupo operacional, liderado pelo chefe do departamento de investigação interdistrital de Nikolaev-on-Amur, inspecionou a cena do incidente, apreendeu itens e coisas relevantes para o caso. Como parte da investigação, todas as circunstâncias do acidente serão investigadas, incluindo os motivos e condições que contribuíram para a prática do crime ”, concluiu Ilya Gudkov, chefe do serviço de imprensa do Comitê de Investigação do IC da Rússia no território de Khabarovsk e no EAO.