Bebê encontrada dentro de bolsa em igreja católica é adotada três dias após abandono

Depois de receber alta médica do Hospital Universitário, a bebê encontrou um lar

Autor

Categorias

Compartilhe

Resumo da Notícia

  • Uma recém-nascida que foi encontrada em uma igreja católica na Vila Arens, em Jundiaí;
  • Após receber alta médica do Hospital Universitário, a bebê encontrou um lar;
  • A menina foi adotada na última terça-feira (11).

Após receber alta médica do Hospital Universitário, a recém-nascida que foi encontrada em uma igreja católica na Vila Arens, em Jundiaí, na manhã do último sábado (08), encontrou um lar. A menina foi adotada na última terça-feira (11).

A promotora da Infância e Juventude de Jundiaí entendeu que a mãe fez uma entrega voluntária:  “Muito embora a genitora da criança não tenha feito a entrega da mesma, diretamente ao sistema de Justiça, de modo a possibilitar sua oitiva por equipe interprofissional, o fato é que sua atitude está a revelar que, dentro de suas possibilidades e de seu contexto socioemocional, a genitora agiu com a intenção da entrega, eis que deixou a filha em um espaço de proteção (igreja), acompanhada de uma carta em que faz um apelo de cuidado e felicidade para a filha”, explicou a mulher.

Zoe Maria foi adotada por uma família habilitada que aguardava na fila de espera de adoção.

Relembre o caso 

Bebê é encontrada em sacola (Foto: Reprodução/ Guarda Civil)

A criança foi encontrada dentro de uma bolsa por um vigilante. Não haviam sinais de maus tratos ou ferimento no bebê. A mãe deixou uma carta a quem encontrasse a criança.

De acordo com a Guarda Municipal, o segurança da igreja notou a presença da bolsa e ao averiguar descobriu a criança abandonada. O bebê foi levado até o Hospital Universitário para um check up. Estima-se que a menina foi deixada na igreja na sexta-feira (07), antes do local fechar.

-Publicidade-

A mãe da bebê deixou uma carta pedindo para quem encontrasse a menina, cuidasse bem, porque a genitora não teria condições. “Essa princesa pode ser chamada de Zoe Maria. Ela nasceu no dia 31 de julho de 2020 às, 6h40 da manhã e precisa de um lar. Seja lá quem encontre, não faça nenhum mal pra essa princesa. Ajude ela, por favor”, começou a carta.

“Não me orgulho e nem fico feliz com essa situação, mas creio estar fazendo o melhor para ela. Infelizmente não tenho condições para criá-la. Cuide, por favor, dessa princesa e não faça nenhum mal pra ela, ela só é um anjo que precisa de um lar. Se você que a encontrou, e não puder fazer algo por ela, ajude-a ir para um lugar seguro. Que Deus proteja você”, suplica a mulher.

Bebê é encontrada em sacola (Foto: Reprodução/ Instagram)

“E minha princesa, que você um dia passa a me perdoar, jamais te esquecerei. Estará todos os dias sem meus pensamentos, pra sempre no meu coração e em todas as minhas orações. Eu te amo, princesa”, conclui a mãe que ainda não foi encontrada pela polícia.