Bebê é atingido na cabeça por pacotes que caíram de prateleira de supermercado

O pai da criança disse que os objetos caíram de uma altura de, aproximadamente, 2,8 metros

Categorias

Compartilhe

Resumo da Notícia

  • Bebê, de quatro meses, é atingido por pacotes que pesavam cerca de quatro quilos
  • A criança estava acompanhada pelo pai em um supermercado
  • O caso ocorreu na Vila Mogilar, na cidade de Mogi das Cruzes

Na última quarta-feira (15), um bebê, de apenas quatro meses, foi atingido por pacotes que caíram de uma prateleira em um supermercado. De acordo com informações obtidas pelo TV Diário, o pai da criança disse que os objetos caíram de uma altura de, aproximadamente, 2,8 metros e pesavam cerca de 4 kg. O caso aconteceu na Vila Mogilar, na cidade de Mogi das Cruzes.

Na delegacia, o pai contou que estava andando em um dos corredores do atacado quando dois pacotes, de embalagens plásticas, se desprenderam da prateleira e caíram sobre o bebê. Ele ainda disse que a criança estava deitada em uma cadeirinha própria para carrinhos de compras, o que, possivelmente, fez com que a criança sofresse um grande inchaço.

De acordo com o boletim de ocorrência, o homem decidiu pedir ajuda aos funcionários do local, e pouco tempo depois, um deles acionou o Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu). Entretanto, o pai disse que preferiu socorrer o seu filho por meios próprios devido ao seu plano de saúde particular. A gerente do estabelecimento entrou em contato a fim de informar ao responsável do bebê que irá prestar o auxílio necessário quanto à necessidade de medicamentos.

O supermercado Assai informou, em nota, ao jornal que lamenta o acidente com a criança e esclareceu que duas embalagens caíram das prateleiras utilizadas para estocagem de produtos, atingindo um cliente e seu filho. O caso foi registrado, pelos policiais, como lesão corporal culposa (quando não há intenção). As autoridades ainda requisitaram exames de corpo de delito para auxiliar nas investigações.

O estabelecimento ainda afirmou que a unidade ofereceu assistência à família, que preferiu recusar o atendimento, e no final do dia, o comércio entrou em contato com o pai do bebê para se colocar à disposição a fim de contribuir com qualquer necessidade. “A rede permanece à disposição por meio dos seus canais oficiais de atendimento”, completou.

-Publicidade-

Gerente de loja salva bebê de queda

Um gerente de loja salvou um bebê de queda em Hurricane, Utah, Estados Unidos. O bebê estava em um balcão de vidro e, sem que os familiares notassem, a criança começou a escorregar. Bill Reel, gerente da loja, percebeu e salvou o bebê do que poderia ter sido uma perigosa queda no chão de concreto.

Para o gerente, a história é um exemplo de que muitas coisas podem dar errado se tirarmos os olhos das crianças, mesmo que por apenas um segundo. “Nós tivemos sorte. Eu acho que todos devemos fazer um trabalho melhor para cuidar e olhar nossas crianças e as crianças de outras pessoas também.”